O Teatro do Concreto realiza turnê nacional com o espetáculo "ENTREPARTIDAS"

Ao cair da noite, com a cidade em seu habitual movimento orgânico, se dá o início de uma jornada por espaços urbanos, públicos e privados. A bordo de um ônibus, a plateia é levada a conhecer e a vivenciar sete histórias, regidas sob os temas Amor e Abandono, que se cruzam na fragmentada estrutura da sociedade contemporânea. A dramaturgia, complexa e bem estruturada, leva o espectador através de uma viagem entre realidade e ficção, conduzindo cada um a insights introspectivos.

Onde nasce a dificuldade em dividir? Como se dá o amor na contemporaneidade? Por que nos abandonamos a cada dia? Como o homem moderno busca a transcendência? Qual o sentido de uma noitada, quando o que se busca é o contato? Há prazer no abandono? Ainda temos tempo para um abraço? Estas são algumas das indagações que instigaram o Teatro do Concreto, a se debruçar ao longo de dois anos de pesquisa e de vivências, e que deram vida às personagens de Entrepartidas.

Segundo Francis Wilker, diretor do espetáculo, “Entrepartidas fala de coisas simples, porém, caras ao ser humano, como momentos efêmeros, mas que podem mudar uma vida”, e revela, “o texto e a encenação evocam lembranças que povoam nossas memórias e que talvez sejam o que realmente o levamos dessa vida”. O espetáculo tem montagem e execução desafiadoras que envolve uma logística elaborada e muita preparação dos atores, uma vez que circula por espaços urbanos e articula um jogo poético com o seu cotidiano. “Pensar e realizar o projeto é um campo fértil, gratificante e muito rico de experimentação e diálogo com outras linguagens artísticas, como o fazer teatral, a performance e as artes plásticas”, comenta o diretor.

  Entrepartidas foi vencedor do Prêmio SESC Candango 2011 em quatro categorias, sendo Melhor Espetáculo, Melhor Direção e Melhor Dramaturgia, para Francis Wilker, e Melhor Ator, para Nei Cirqueira. No mesmo ano, o espetáculo foi tema de debate no Festival Internacional de Teatro de Cádiz, na Espanha. O espetáculo cumpriu temporadas pelas ruas de Brasília, quando da estreia em 2010; na comemoração de 10 anos do Grupo, em 2011, pelo projeto Concreto em 7 Atos, do Centro Cultural Banco do Brasil, foi um dos espetáculos de Brasília selecionados para participar da 11ª Edição do Festival Internacional Cena Contemporânea, e também foi apresentado na Aldeia Diabo Velho, do SESC GO, em 2012.

Em todas as cidades, por onde o espetáculo vai passar, elenco e diretor irão ministrar WORKSHOP, gratuito, com o intuito de compartilhar as práticas de montagem, em especial a do espetáculo em temporada, como a relação do teatro com espaço urbano. Irão, também, promover ENCONTRO com grupos e artistas. E, após as atividades, o LIVRO, “DO CONCRETO [inventário fotográfico] uma década de teatro”, será lançado e também estará disponível para compra após cada sessão.


SERVIÇOS:

De 15 a 18 de setembro
Temporada em Planaltina, no Distrito Federal. Sendo a sessão do dia 15 exclusiva para escolas e também para deficientes auditivos, com tradução para Libras.
Local de embarque: Rodoviária (Avenida Independência, Q 33)
Horários: Quinta e sexta, às 20h, e sábado e domingo, às 19h.
Informações: Tatiana Carvalhedo <tatiana@carvalhedo producoes.com.br>
Entrada a preços populares: 20 a inteira
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 150 minutos
Público por sessão: 40 pessoas

De 22 a 25 de setembro
Temporada em Anápolis, no Goiás. Sendo a sessão do dia 22 exclusiva para escolas e também para deficientes auditivos, com tradução para Libras.
Local de embarque: Rodoviária (Av. Brasil Norte, 740)
Horários: Quinta e sexta, às 20h, e sábado e domingo, às 19h.
Informações: Tatiana Carvalhedo <tatiana@carvalhedo producoes.com.br>
Entrada franca
Classificação indicativa: 16 anos
Duração: 150 minutos
Público por sessão: 40 pessoas

De 6 de outubro a 14 de novembro
Temporada na cidade do Rio de Janeiro
Dia 6: pré-estreia para convidados

De 17 a 20 de novembro
Temporada em Paraty, no Estado do Rio de Janeiro. Sendo a sessão do dia 17 exclusiva para escolas e também para deficientes auditivos, com tradução para Libras.

De 24 a 27 de novembro
Temporada em Belo Horizonte. Sendo a sessão do dia 24 exclusiva para escolas e também para deficientes auditivos, com tradução para Libras.

De 1º a 4 de dezembro
Temporada em Ouro Preto, em Minas Gerais. Sendo a sessão do dia 1º exclusiva para escolas e também para deficientes auditivos, com tradução para Libras.

==> Foto: Thiago Sabino

0 comentários:

Postar um comentário