Lançamento da reedição: Achados de Assis - A fotografia em Dom Casmurro

Lançamento da reedição, revista e ampliada, de Achados de Assis: a fotografia em Dom Casmurro, de Sandro Alves. A obra recebeu o XI Prêmio Funarte Marc Ferrez de Fotografia de 2010, e esta reedição é apresentada pelo Fundo de Apoio à Cultura do DF (FAC).

Em seu romance Dom Casmurro, de 1899, Machado de Assis antecipou importantes reflexões sobre a fotografia, que somente serão tratadas no século XX, nas chamadas Teorias da Fotografia, em obras de Roland Barthes e Walter Benjamin. Tais reflexões, diferentes das teorias técnicas da fotografia – fotometria, foco, etc. –, significam importante avanço no conhecimento do ser humano.

É importante considerar que Machado, antes estudado pontualmente na literatura da América do Sul, vem sendo estudado, principalmente em universidades dos EUA, como um dos grandes mestres da literatura mundial, ao lado de nomes como Shakespeare e Cervantes. Antes ele foi estudado apenas em disciplinas pontuais sobre a literatura da América do Sul.
Machado de Assis, um fontanal de riqueza da brasilidade, se tornou finalmente objeto de empolgadas pesquisas por parte da crítica brasileira e estrangeira. Há alguns anos atrás, o cineasta Wood Allen citou o romance Brás Cubas, de Machado, como um de seus cinco livros preferidos.

Para a crítica e teórica das artes Rosalind Krauss, o pensamento sobre a fotografia, que foi desenvolvido ao longo do século XX, tem em Walter Benjamin e Roland Barthes, pensadores fortemente influenciados pela literatura de Marcel Proust, alguns de seus clássicos. O famoso conceito de “aura”, fundamental no pensamento de Benjamin sobre a fotografia e a modernidade, não existira tal como é sem o conceito de mémoire involontaire, de Proust.

O Fotógrafo Brassaï escreveu um livro chamado Proust e a fotografia, no qual relata as enormes afinidades da obra e da pessoa de Proust com a imagem fotográfica. 

Esta é uma oportunidade para os professores, estudantes e amantes da fotografia conhecerem e se aprofundarem na obra de Sandro Alves, que trata sobre fotografia e literatura com um olhar técnico e ao mesmo tempo artístico.

No evento acontecerá palestra sobre fotografia e literatura com o autor do livro, e também será servido um coquetel.


SERVIÇO:

Lançamento da reedição revista e ampliada de Achados de Assis: a fotografia em Dom Casmurro – de Sandro Alves Silveira.
Dia 13 de Agosto (sábado), no Auditório do Museu da República, a partir das 19h.
Entrada gratuita.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário