JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 - INFORMAÇÕES DE ALGUMAS COMPETIÇÕES DO DIA 09 DE AGOSTO

Seleção brasileira masculina de vôlei vence o Canadá de virada

A seleção brasileira masculina de vôlei assegurou sua segunda vitória nos Jogos Olímpicos Rio 2016 na noite desta terça-feira. Diante de um Ginásio do Maracanãzinho lotado, os brasileiros venceram, de virada, os canadenses por 3 a 1 ( 24/26, 25/18, 25/22 e 25/17), em 1h48 minutos de partida, válida pelo grupo A. Maurício Borges foi o maior pontuador do jogo, com 16 pontos. Na estreia, o time do técnico Bernardinho venceu o México por 3 a 1.

O Brasil volta à quadra nesta quinta-feira, às 22h35, para enfrentar os Estados Unidos.


Larissa e Talita vencem e garantem vaga nas oitavas de final do vôlei de praia

As duplas brasileiras femininas de vôlei de praia seguem invictas nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Nesta terça-feira, dia 9 agosto, na Arena de Copacabana, Larissa e Talita derrotaram as americanas Fendrick e Sweat por 2 sets a 0 (21/16 e 21/13), em 39 minutos. Com o resultado, conquistaram a vaga nas oitavas de final do torneio, sem perdem nenhum set em dois jogos, independentemente do resultado do próximo jogo. Ágatha e Bárbara também já estão garantidas na próxima fase.

Larissa e Talita voltam à quadra nesta quinta-feira, dia 11, às 10h, contra as polonesas Kolosinska/Brzostek. Ambos os times somam quatro pontos e uma vitória garante o primeiro lugar do grupo.


Basquete: Brasil derrota a Espanha por um ponto

Essa é daquelas partidas que Marquinhos não vai esquecer jamais. Por isso mesmo, ficou com a bola do jogo em que o Brasil venceu a Espanha, atual vice-campeã olímpica, por 66 a 65, pela segunda rodada da fase classificatória dos Jogos Olímpicos Rio 2016. A cinco segundos do fim do confronto, realizado na tarde desta terça-feira, 9 de agosto, na Arena Carioca 1, os espanhóis venciam por 65 a 64, mas Marquinhos aproveitou o rebote e com um tapinha marcou os dois pontos que selaram a vitória da seleção brasileira. Agora, o Brasil enfrentará a Croácia, na próxima quinta-feira, dia 11, às 14h15.

Marcelinho Huertas foi o principal cestinha da equipe brasileira com 11 pontos, enquanto Marquinhos assinalou dez pontos. Já o espanhol Paul Gasol fez 13 pontos. E foi com a defesa bem posicionada que o Brasil comandou o placar e ditou o ritmo do jogo. No primeiro tempo, controlou a partida e foi para o intervalo vencendo por 34 a 31. Apenas no quarto final, a Espanha passou à frente do placar, a 42 segundos para o término do jogo.


Seleção feminina de ginástica artística repete Pequim 2008 e fica em sexto por equipes

Um misto de sensação de dever cumprido com gostinho de quero mais. Foi esse o sentimento das ginastas brasileiras após ficarem em oitavo lugar na final por equipes dos Jogos Olímpicos Rio 2016, na tarde desta terça-feira, 9 de agosto, igualando a posição conquistada em Pequim 2008. Dever cumprido porque conseguiram alcançar seu principal objetivo, que era chegar a essa final. E gostinho de quero mais porque haviam terminado a fase classificatória em sexto, mostrando que poderiam ter encerrado com uma posição melhor.

Na quinta-feira, 11 de agosto, Rebeca Andrade e Jade Barbosa disputarão a final individual geral. Rebeca foi classificada com a terceira maior nota, o que cria uma certa expectativa por medalha. Rebeca foi excelente no salto sobre a mesa e forte nas barras assimétricas, mas falhou no solo. Jade Barbosa, por sua vez, teve uma queda na trave, mas fez uma boa apresentação nas barras assimétricas, ganhando confiança para a prova individual geral.

No dia 15, será a vez de Flávia Saraiva voltar a competir, dessa vez na final de trave de equilíbrio. A ginasta de 16 anos estava classificada para o individual geral, mas abriu mão para poder se dedicar exclusivamente ao aparelho no qual tem chances reais de uma medalha. Sempre sorridente, Flavinha se disse feliz com o resultado do grupo.

==> Foto: Alaor Filho; Divulgação; Alaor Filho (novamente); e, Washington Alves / Exemplus / COB

0 comentários:

Postar um comentário