JOGOS OLÍMPICOS RIO 2016 - INFORMAÇÕES DE ALGUMAS COMPETIÇÕES DO DIA 08 DE AGOSTO

Rafaela Silva supera trauma passado para conquistar o ouro no judô

Depois de ser eliminada em Londres 2012 nas oitavas-de-final e chorado de raiva, por considerar sua derrota injusta, agora o choro foi de alegria. Nesta segunda-feira, 8 de agosto, embalada pelos torcedores brasileiros na Arena 2, Rafaela Silva venceu com autoridade todas as suas adversárias, incluindo Sumyia Dorjsuren (atual líder do ranking mundial), da Mongólia, na final da categoria até 57 quilos do judô, e conquistou a medalha de ouro nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Passados quatro anos, a recompensa. Ela sofreu com a eliminação precoce em Londres 2012, mas treinou exaustivamente, deu a volta por cima e chegou ao lugar mais alto do pódio olímpico. Campeã mundial em 2013, Rafaela Silva agora é também campeã olímpica.

Na luta final, Rafaela e Dorjsuren protagonizaram um combate de tirar o fôlego. Mais uma vez a brasileira teve o nome gritado pelos torcedores durante todo o combate. Com pouco mais de um minuto, ela aplicou um wazari na adversária e saiu na frente da disputa. O golpe, logo no início, deu tranquilidade à Rafaela, que soube administrar a luta e levar para casa o tão aguardado ouro, quatro anos depois.


Seleção feminina de vôlei vence a segunda nos Jogos Rio 2016

A seleção brasileira feminina de vôlei deu mais um passo na briga pelo tricampeonato olímpico. O time comandado pelo técnico José Roberto Guimarães venceu a Argentina por 3 sets a 0 (25/16, 25/19 e 25/11), nesta segunda-feira, dia 8, no ginásio do Maracanãzinho, pela segunda rodada dos Jogos Rio 2016. Sheilla marcou 14 pontos e foi a maior pontuadora da partida, que teve 1h10min de duração. A primeira vitória, também por 3 a 0, foi contra Camarões.


Melo/Soares derrotam Djokovic/Zimonjic e estão nas quartas de final

Os brasileiros Marcelo Melo e Bruno Soares conquistaram mais uma vitória na chave de duplas masculina nos Jogos Olímpicos Rio 2016. Nesta segunda-feira, 8 de agosto, eles derrotaram os sérvios Novak Djokovic por 2 sets a 0, parciais de 6/4 e 6/4.

Com o resultado, eles estão classificados para as quartas de final da competição, quando terão pela frente Florin Mergea/Horia Tecau, da Romênia, ainda sem data e horário definidos.

Quem não teve a mesma sorte foi a parceria formada por André Sá e Thomaz Bellucci. Após vencerem os britânicos Andy e Jamie Murray na estreia, eles foram derrotados de virada por Andreas Seppi/Fabio Fognini, da Itália: 5/7, 7/5 e 6/3. Na chave de simples, Rogério Dutra Silva também foi eliminado na segunda rodada: 6/2 e 6/4 para o francês Gael Monfils.


Aos gritos de 'olé', Brasil vence a Romênia no handebol feminino

A seleção brasileira de handebol feminino venceu a segunda partida nos Jogos Olímpicos Rio 2016 e segue firme na caminhada rumo ao inédito ouro olímpico. Mais uma vez empurrado pela torcida presente na Arena do Futuro, o Brasil derrotou a Romênia por 23 a 13 na tarde desta segunda e vingou a amarga derrota sofrida no Mundial da Dinamarca, em 2015. Na próxima quarta, às 9h30 (horário de Brasília), a equipe encara a Espanha.

Novamente com a central Ana Paula inspirada (foi a artilheira do jogo com oito gols), o Brasil iniciou a partida arrebatador e abriu boa vantagem. A cada gol, a torcida explodia na arena e, no segundo tempo, houve a tradicional ‘ola’. Mas, quase no fim da etapa inicial, aconteceu a cena mais curiosa: os torcedores gritaram e comemoraram com se fosse um gol brasileiro. Era a notícia do ouro conquistado por Rafaela Silva no judô, o primeiro do Brasil no Rio 2016. A dois minutos do fim do jogo, a torcida começou a gritar ‘olé’ a cada troca de passes do Brasil.

==> Foto: Alaor Filho; Alexandre Loureiro; Wander Roberto; e, Flavio Florido / Exemplus / COB

0 comentários:

Postar um comentário