A companhia de teatro La Casa Incierta apresenta A GRUTA DA GARGANTA

Idealizado pela companhia de teatro hispano-brasileira La Casa Incierta, A Gruta da Garganta é uma criação inédita de teatro lírico que leva o espectador a uma aventura no interior do corpo humano para abordar, de maneira poética e onírica, o princípio da voz e do som. Essa trajetória, desde os primeiros balbucios até o domínio da comunicação verbal, é apresentada, tal qual uma ópera, com canto e música.

Dirigida por Carlos Laredo, a montagem é direcionada para crianças de zero a seis anos e busca instigar nesse jovem público o interesse pelo teatro lírico. Os pais que levarem seus filhos ao teatro estarão diante de uma reflexão sobre os mistérios da comunicação.

Realizado com patrocínio do Fundo de Apoio à Cultura (FAC) da Secretaria de Cultura do Distrito Federal, A Gruta da Garganta faz parta da programação do festival Cena Contemporânea (www.cenacontemporanea.com.br) e será apresentado oito vezes entre 25 e 28 de agosto no auditório 1 do Museu Nacional da República.

Iluminada por projeções de vídeo que ampliam sua atmosfera lúdica, a cenografia sugere os labirintos do crânio, a caverna da boca e a cova da garganta por onde as atrizes e cantoras Clarice Cardell e Aida Kellen guiarão o público numa viagem pelas ressonâncias da linguagem. Radicado em Madri, o pianista ucraniano Mikhail Studyonov virá a Brasília interpretar ao vivo as composições eruditas criadas por ele exclusivamente para o espetáculo.

A Gruta da Garganta é um canto poético sobre os laços invisíveis entre os seres humanos, o cordão umbilical que nos guia nos caminhos escuros da vida. É a gruta da garganta que bebês e adultos compartilham a cada respiração.  “O espetáculo evoca a dificuldade do ser humano de viver isolado e nossa necessidade por comunicação. E as pessoas têm, desde que nascem, as ferramentas para criar relacionamentos e para ter o entendimento da comunicação”, comenta Carlos Laredo.

No dia 25, às 11h e às 16h, o espetáculo receberá exclusivamente crianças deficientes visuais. Às 11h de 26 de agosto, A Gruta da Garganta será encenado para crianças do abrigo Casa de Ismael. O público geral poderá conferir a montagem no dia 26, às 16h; e em 27 e 28 de agosto, em sessões às 11h e às 16h.

La Casa Incierta
Pioneira no campo das artes cênicas para a primeira infância, La Casa Incierta é uma companhia de teatro hispano-brasileira criada em 2000 pelo diretor teatral espanhol Carlos Laredo e pela atriz brasiliense Clarice Cardell. Ao longo dos anos, a companhia criou um repertório de inúmeras criações e atividades artística, além de conferências e workshops para crianças, adolescentes, pais e professores. Em sua trajetória, La Casa Incierta tem trabalhado e pesquisado uma linguagem poética em busca das capacidades infinitas com que nascem os seres humanos. Seus espetáculos foram apresentados em países como França, Espanha, Itália, Bélgica, Holanda, Martinica, Portugal, Israel, Finlândia e em diversas cidades do Brasil.

Carlos Laredo
Diretor espanhol radicado em Brasília, Carlos Laredo criou em 2000 a companhia teatral La Casa Incierta, referência mundial em arte e cultura para a primeira infância, com mais de 12 espetáculos para este público específico. Para a elaboração de A Gruta da Garganta, Laredo, Clarice Cardell e Mikhail Studyonov pesquisaram a temática do espetáculo em estudos de linguística, filosofia, neurologia e psicologia.

Clarice Cardell
Fundadora da companhia teatral La Casa Incierta, a atriz brasiliense Clarice Cardell trabalha há mais de 15 anos na pesquisa e criação de teatro para a primeira infância, tendo criado mais de 12 espetáculos para este público específico, sendo uma das mais experientes atrizes brasileiras na atuação para crianças de 0 a 3 anos, tendo realizado na última década mais de 1.500 apresentações em todo o mundo.

Aida Kellen
Atriz e cantora lírica, Aida Kellen é formada em Canto Erudito pela Escola de Música de Brasília. Foi vencedora do concurso de Canto Nacional Maracanto, na categoria sênior. Em 2007, venceu o prêmio de melhor canção no Concurso Internacional de Canto da Amazônia Coelho Cardoso. Em 2011, foi solista na abertura do 1º Festival de Ópera de Brasília no Teatro Nacional de Brasília. Atuou como solista no oratório Le Roi David, sob regência de Claude Villaret; na ópera Alcina, de Handel, com direção musical de André Vidal, e na ópera A Médium, dirigida por Deyvison Miranda.

Mikhail Studyonov
Mikhail Studyonov é um reconhecido maestro e compositor ucraniano de música erudita e desenvolve um trabalho contínuo de pesquisa em relação à música e primeira infância. Desde 2007, compõe e interpreta ao piano para diversas obras teatrais em vários países da Europa.

A GRUTA DA GARGANTA
De 25 a 28 de agosto, às 11h e às 16h, no auditório 1 Museu Nacional da República (Esplanada dos Ministérios). 25/08, às 11h e às 16h: apresentação para crianças deficientes visuais. 26/08, às 11h: apresentação para crianças do abrigo Casa de Ismael. Às 16h: público geral. 27/08, às 11h e às 16h: apresentação para o público geral. 28/08, às 11h e às 16h: apresentação para o público geral. Ingressos à venda no local (a partir de uma hora antes do horário): R$ 20 e R$ 10 (meia). Classificação indicativa: 0 a 6 anos. 

==> Foto: Carlos Laredo

0 comentários:

Postar um comentário