LULINHA ALENCAR HOMENAGEIA MESTRES DA SANFONA NA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

O potiguar Lulinha Alencar homenageia mestres da sanfona na edição de julho do Solo Música da CAIXA Cultural Brasília . No dia 4, às 20h, o sanfoneiro e filho do músico Zé de Cezário apresenta canções de Luiz Gonzaga, Sivuca, Dominguinhos, Noca do Acordeon e do próprio pai. Os ingressos custam R$ 20 e R$ 10 (meia) e começaram a ser vendidos neste sábado (2).

Durante a divulgação de seu CD Cem Gonzaga, em 2013, Lulinha Alencar fez diversos recitais pelo país com as obras de sanfona solo feitas por Luiz Gonzaga. O músico potiguar volta a homenagear o artista que foi responsável pelos ritmos de matiz regional deixarem de ser vistos como canções folclóricas e caírem no gosto do público do chamado “sul” do país.

O show que apresenta na capital do país é recheado de obras feitas para a sanfona, também conhecida como acordeão, que passou a ser instrumento de diversos virtuoses da cena instrumental. A homenagem a sanfoneiros e aos ritmos do Nordeste passa também por músicas autorais.

Sobre o músico:
Nascido em Rafael Godeiro, sertão do Rio Grande do Norte, Luiz Jezaías de Alencar teve seu primeiro contato com a música em casa, tocando triângulo e zabumba com seu pai, o sanfoneiro Zé de Cezário. Em 1999 decidiu morar em São Paulo, tentar carreira de pianista, sem imaginar que ganharia oportunidades e notoriedade como sanfoneiro.

Ao lado de artistas como Mônica Salmaso, Benjamim Taubkin e Teco Cardoso, participou da Orquestra Popular de Câmara. Já dividiu o palco com vários nomes da música brasileira e internacional, como Geraldo Azevedo, Antônio Nóbrega, Elba Ramalho, Hermeto Pascoal, Richard Galliano, Regis Gizavo e Martin Lubenov. Além de seu trabalho autoral, integra o grupo de choro Moderna Tradição ao lado dos irmãos e mestres do choro Izaias e Israel Bueno de Almeida e o grupo Al Qantara. No final de 2015 Lulinha Alencar gravou seu segundo disco: ToCantE, no qual homenageia Dominguinhos, ao lado do sergipano Mestrinho.

Sobre o Solo Música:
A série Solo Música, idealizada pelo produtor Álvaro Collaço, chega à quarta temporada em Brasília com recitais de música instrumental solo a cada mês. São concertos que privilegiam a diversidade musical de artistas de diversos gêneros e nacionalidades. Do erudito ao popular, o público é surpreendido pela peculiaridade e raridade dos instrumentos tocados. Até dezembro, o projeto terá dez atrações com propostas artísticas inovadoras.

Calendário Brasília 2016:
2 de agosto – Lydia Kavina – (Teremin)
15 de agosto – Nelson Gonzalez (cuatro venezuelano)
5 de setembro – Simone Sou (percussão)
3 de outubro – Nonato Luiz (violão)
7 de novembro – Cesar Villavicencio (flautas doce e e-recorder)
5 de dezembro – Michel Deneuve (cristal baschet) 

Serviço:
Solo Música – Lulinha Alencar
Local: Teatro da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Dia: 4 de julho de 2016
Hora: segunda-feira, às 20h
Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 12 anos
Duração: 90 minutos
Ingressos: à venda a partir de 2 de julho | R$ 20 e R$ 10 (meia)
Meia-entrada: estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de agasalho.
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes) | Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

==> Foto: Simone Francescangeli

0 comentários:

Postar um comentário