IVALD GRANATO APRESENTA PERFORMANCE NA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

Cerca de 130 obras entre fotos originais, cartazes, roupas e acessórios usados em diversas performances do premiado artista plástico Ivald Granato entram em exposição no dia 29 de junho na CAIXA Cultural Brasília. A abertura da mostra Ivald Granato Registro | Arte Performance será no dia 28 de junho, às 19h, com a participação do artista apresentando uma releitura de sua famosa performance Ceisquer, de 1984, às 20h30. A exposição fica em cartaz até a 4 de setembro, de terça a domingo, das 9h às 21h.

A mostra, que já passou pela CAIXA Cultural São Paulo, apresenta um registro histórico da Performance – manifestação artística pouco documentada no Brasil – por meio de documentos e registros de obras do artista, que é um dos precursores da Arte Performance no mundo. A partir da arte pop, do minimalismo e da arte conceitual, que tomam a cena artística nas décadas de 1960 e 1970, a modalidade artística põe em cheque os enquadramentos sociais e artísticos do modernismo, abrindo-se a experiências culturais díspares. Nesse contexto, performances e intervenções foram apresentadas como forma de sinalizar novas orientações da arte: as tentativas de dirigir a criação artística às coisas do mundo, à natureza e à realidade urbana.

As peças expostas na Galeria Principal fazem parte do arquivo documental de Granato e incluem pastas-objeto, fotos originais, cartazes, roupas e acessórios usados em performances, ampliações fotográficas, livros, textos, estudos, além de vídeos originais. As obras mostram a mescla de diferentes modalidades de arte – dança, música, pintura, teatro, escultura e literatura – desafiando as classificações habituais e colocando em questão a própria definição de arte.

Fundamentais na trajetória de 50 anos de carreira do artista, as peças relembram um período histórico da arte marcado pela contestação, pela vanguarda quebrando velhos valores. Nesse cenário, o artista plástico causava alvoroço com suas performances e comportamento espalhafatoso, apresentando suas intervenções em locais inesperados, e recorrendo ao vídeo e à fotografia para documentá-las. Performances como O urubu eletrônico, realizada no Theatro Municipal de São Paulo em 1976, e Mitos vadios, de 1978, por exemplo, apresentam a fusão de pinturas, música e teatro que marca o trabalho de Granato.

A riqueza de detalhes da coleção e a oportunidade de ver reunida uma fase histórica da produção artística brasileira fazem da mostra uma experiência inédita, principalmente para jovens que não tiveram a oportunidade de viver esse período. Parte do arquivo trazido à capital do país foi objeto de mostra na Argentina e adquirida recentemente por um museu norte-americano especializado em documentação, para representar a América Latina nessa expressão artística.

Durante a abertura Granato fará visita guiada às 20h e dará, ainda, palestra gratuita no dia 29, às 16h. 

Trajetória:
Considerado um dos artistas mais importantes e produtivos de sua geração, sobretudo pela sua grande atuação na Arte Performance brasileira, junto a nomes como Hélio Oiticica e Lygia Pape, Granato tem 67 anos e acumula cinco décadas de trabalho e pesquisa permanente e contínua. Desenvolveu uma extensa e inquieta obra nas mais variadas técnicas e procedimentos: desenho, pintura, gravura, objeto, sistemas de multimídia, cerâmica, escultura. Em todos estes campos, destaca-se por meio da originalidade das suas concepções, da expressividade da pintura, da qualidade do desenho, e de uma vitalidade a toda prova. Ao longo de sua carreira foi premiado diversas vezes, e entre os reconhecimentos recebidos estão o Prêmio de Melhor Ilustrador do ano, da Editora Abril, e o Prêmio Aquisição na 1ª Trienal de Osaka, Japão.

Serviço
Exposição Ivald Granato – Registro – Arte Performance
Local: Galeria Principal da CAIXA Cultural Brasília (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Abertura: 28 de junho de 2016, às 19h
Visitação: de 29 de junho a 4 de setembro de 2016; de terça-feira a domingo, das 9h às 21h
Classificação Indicativa: não recomendado para menores de 14 anos
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

==> Foto: Mila Maluhy

0 comentários:

Postar um comentário