MARK RAPP e ANDERSON SILVA NO CLUBE DO CHORO

Mark Rapp & Anderson Pessoa apresentam a musica de “Sweet Pappa” Lou Donaldson.

No Concerto “Good Eats”, “Sweet Papa” Lou Donaldson, um dos principais compositores e band leaders da era moderna, será reinventado e adicionado de sabores próprios por Mark Rapp e Anderson Pessoa, no concerto “Good Eats”, do CD homônimo de Mark Rapp, lançado em 2011 pelo selo Suisso Dinemec Jazz.

Anderson Pessoa, nascido em Brasília, formou-se pela Universidade de Brasília bacharel em saxofone clássico. Apesar de nunca ter abandonado o seu lado erudito, foi no jazz e na música brasileira que Anderson Pessoa construiu sua carreira.

Participou de diversos grupos importantes para a vida cultural de Brasília, como Os Cachorros das Cachorras e o Quarteto de Saxofones Babando o Bambu, além de atuar em performances e gravações com grupos e artistas de renome, como a Orquestra do Teatro Nacional Cláudio Santoro, Milton Nascimento, Renato Vasconcellos, Hamílton Pinheiro, Daniel Santiago, André Vasconcellos, Rogério Cetano e Bsb Disco Club entre outros.

Atuou como músico, arranjador, compositor e educador em Brasília até 2007, quando embarcou para Louisville nos Estados Unidos, onde fez mestrado em jazz performance. Em Louisville, como professor-assistente, dirigiu o Brazilian Ensemble, Combos, U of L Jazz String Quartet e o Jazz Ensemble II. Como Professor Substituto, assumiu em tempo integral o Jazz Ensemble II e as classes de Arranjo I e Arranjo II.

Ainda nos Estados Unidos, gravou com Terry O’Mahoney, Mike Tracy e com seu próprio grupo, o Mixolegion, com o qual fez turnê de 9 apresentações em festivais de jazz na Rússia, além de ter composições suas gravadas por outros artistas como Mike Tracy e o pianista italiano Alessandro Logiri. Anderson Pessoa formou-se como “Outstanding Student” (Aluno destaque de todos os cursos.) da universidade no segundo semestre de 2009, sendo escolhido orador da formatura “Fall 2009”.

Atualmente, Anderson Pessoa trabalha como professor da Escola de Música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte, nas cadeiras de Saxofone e Improvisação, e coordena um grupo de extensão e pesquisa em improvisação livre e o Ciclo de Jam Sessions. Gravou com seu novo Grupo, “Tem um Candango Lá em Casa”, formado por Airton Guimarães (baixo), Darlan Marley (Bateria) e Paulo Cesar PC (piano), um CD homônimo no qual registrou composições mais antigas que ainda não haviam sido gravadas.

Recentemente participou como educador do Jazz Week da Universidade de Louisville e gravou nos Estados Unidos, um DVD intitulado “Jazz: Por dentro da Performance”. Participaram do projeto músicos americanos e brasileiros, alunos e professores da Universidade de Louisville. Atualmente é vice-coordenador do curso técnico em musica da Escola de música da Universidade Federal do Rio Grande do Norte.

Mark Rapp foi nomeado um dos "maiores trompetistas emergentes" em 2008 por DownBeat Magazine, destacado no documentário Travel Channel sobre o infame Newport Jazz Festival e já tocou com diversos artistas, de Branford Marsalis à Hootie and the Blowfish . Ele tocou shows esgotados no Blue Note (Nova York), Yoshi’s (São Francisco) e locais como Blues Alley (Washington DC), The JVC Newport Jazz Festival, Dizzy’s at Jazz (Lincoln Center, NY), Jazztime Festival (Croácia , Jazzland (Viena) , Jazz Standard (Nova York), dentre outros.

Mark tem quatro álbuns como líder , incluindo seu álbum de estréia "Token Tales" (2009), amado pela crítica, "Braden - Rapp : Strayhorn Project" (2010) com o grande saxofonista Don Braden e o pianista indicado ao Grammy Gerald Clayton, “Art of the Song, vol.1” (2010) de TSP- o primeiro a ser lançado em aplicativo da indústria – e seu tributo multi-dimensional para Lou Donaldson , intitulado" Good Eats " (2011) novamente apresenta Don Braden e alguns colegas europeus no orgão Hammond B3, bateria e guitarra. O CD da Disney "Everybody Wants to be a Cat " apresenta Mark Rapp em sua faixa de encerramento.

Este CD inclui artistas como Roy Hargrove, Dave Brubeck, Esperanza Spalding, The Bad Plus, Joshua Redman, dentre outros.

Tendo vivido em Nova Orleans, Nova York e na Europa, Mark agora reside nos Estados Unidos, viaja com frequência e está constantemente apresentando-se com seus vários projetos, incluindo Token Tales, The Strayhorn Project, TSP, Psycho Jazz Contingency e A Soul’s Journey.

A apresentação acontece dia 03 de Maio de 2016 – terça-feira a partir das 21:00 horas. Ingressos: R$ 15,00 (meia) e R$30,00 (inteira)

Informações: Tel.: 3224.0599. Ingressos: Clube do Choro de Brasília – SDC BLOCO “G” - Funcionamento da bilheteria: 2ª a 6ª feira: 10:00 às 22:00 horas. Sábado a partir de 19:00 as 21:30 horas, ou através do site: www.clubedochoro.com.br

O Clube do Choro de Brasília fica entre a Torre de TV, o Centro de Convenções e o Planetário.
Não recomendado para menores de 14 anos

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário