Dia Nacional da Conservação do Solo contribui para pensar no cuidado com a terra

Em 13 de novembro de 1989 foi sancionada, por iniciativa do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento, a lei Nº 7.876 que institui 15 de abril como o Dia Nacional da Conservação do Solo. A data homenageia o nascimento daquele que é considerado o pai da conservação do solo nos Estados Unidos, Hugh Hammond Bennett, e busca conscientizar as pessoas sobre a importância e a necessidade da boa utilização deste recurso natural.

Para conhecê-lo melhor, a Editora Unesp resgata alguns títulos de seu catálogo que abordam questões específicas sobre o tema.


Autor: Eberhard Wernick | Páginas: 656 | Preço: R$ 112,00

Importante obra de referência em área ainda carente de publicações especializadas, este livro enfoca a classificação das rochas magmáticas, estudando seu conteúdo mineral e sua composição química. A seguir, refere-se à atividade química de alguns elementos do magma, principalmente o silício e o sódio. Por último, vincula a ocorrência das diferentes rochas magmáticas e os diversos ambientes tectônicos definidos pela teoria das placas. Indicado a estudantes de Geologia, Geografia e Ecologia, destina-se, também, àqueles que se interessam pelas ciências naturais, com conhecimentos básicos de mineralogia, química e geologia. O autor aborda os aspectos mineralógicos, químicos, termodinâmicos e tectônicos e recupera constantemente as noções básicas, oferecendo uma visão geral e a integração dos tópicos estudados.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário