ASSIS MEDEIROS NO CLUBE DO CHORO DE BRASÍLIA

Assis Medeiros nasceu em Recife em 29 de agosto de 1971. Com três anos mudou-se pra João Pessoa-PB e ficou lá por 18 anos. Considera-se um paraibano de coração (apesar de passar férias sempre em Recife). Depois foi para São Luís-MA, onde passou mais 5 anos antes de chegar a Brasília.

Ele lança no Clube do Choro seu terceiro disco solo – “Lâmina”, mistura poesia cortante e som marcante de guitarras.

A base do disco é formada por um trio de baixo, bateria e guitarra. Produzido e gravado pelo próprio compositor no seu estúdio Ponto sem Nó, em Brasília, Lâmina apresenta 14 canções que passeiam por uma mistura de rock e pop.

“O disco é uma espécie de olhar melancólico e radical sobre o mundo contemporâneo. Nasceu dos meus incômodos pessoais. É uma forma de encarar a irracionalidade que emerge das redes sociais, da política, da realidade brasileira...”, afirma Assis.

O disco traz algumas canções com longos solos de guitarra e traduz bem o entrosamento da banda formada por Marco Guedes (bateria) e Fernando Rodrigues (baixo). Gravado em clima de ensaio e aproveitando todos os improvisos no calor do momento, o disco foi tomando forma com gravações adicionais de teclados, violões e metais

“Eu sei que longos solos de guitarra estão fora de moda”, diz Assis rindo, “mas é minha forma de expressão neste momento em que a música está perdida no meio de um tiroteio. A curiosidade sumiu do grande público. O pop fácil tomou conta de tudo. E muita gente hoje vive da música do passado. Eu brinco com isso na música. Tudo é pop”, completa Assis.

Ao mesmo tempo, Lamina é um disco que busca uma linguagem popular. Basta escutar as canções radiofônicas Fogo e Um pouco de sol. “É um trabalho independente. Eu realmente faço do jeito que acredito. Não busco fórmulas comerciais, mas acho que consigo ser direto e popular em alguns momentos. O objetivo do trabalho é tocar o coração dos ouvintes”, acrescenta Assis.

No encarte do disco o compositor resolveu retirar o Medeiros do nome e assina o disco apenas como Assis. E a palavra lâmina é escrita sem acento. “Isso é apenas pra economizar mesmo. Basta digitar Assis / Lamina no Google e pronto, tá lá. Ou seja, essa lamina sem acento pertence só a mim”, diz rindo.

Lamina é distribuído pela Tratore e estará nas principais lojas do Brasil e plataformas da internet a partir de fevereiro. Mas já pode ser escutado na íntegra em stream (https://soundcloud.com/assis-medeiros). “Hoje, o disco tem que ficar disponível da forma mais fácil e direta para o ouvinte”, diz.

Os arranjos de metais são do maestro Leonardo Batista. Lamina tem participação da cantora Flora Lago em três canções. A música Lamina, que fecha o trabalho, tem as participações de Marcelo Macedo (guitarra) e Guiga Medeiros (bateria). As fotos do encarte são de Adriana Lago. E o projeto gráfico é assinado pelo fotógrafo Gustavo Gracindo (que também faz alguns vocais no disco).

Obs.: Ouça o disco: https://soundcloud.com/
assis-medeiros/www.assismedeiros.com.br.

A apresentação acontece dia 30 de Abril de 2016 – sábado a partir das 21:00 horas. Ingressos: R$ 15,00 (meia) e R$30,00 (inteira)

Informações: Tel.: 3224.0599. Ingressos: Clube do Choro de Brasília – SDC BLOCO “G” - Funcionamento da bilheteria: 2ª a 6ª feira: 10:00 às 22:00 horas. Sábado a partir de 19:00 as 21:30 horas, ou através do site: www.clubedochoro.com.br

O Clube do Choro de Brasília fica entre a Torre de TV, o Centro de Convenções e o Planetário.
Não recomendado para menores de 14 anos

==> Foto: Adriana Lago

0 comentários:

Postar um comentário