Festa tropicalista aborda o tema “Menos fanatismo pro mundo ficar odara”

Eleita a melhor festa de música brasileira pelo jornal Folha de São Paulo, aFesta Odararealiza a sua 1ª edição de 2016 emBrasíliano dia 12 de março (sábado), a partir das 22 horas, no Flutuante Laguna, um barco estacionado à beira do Lago Paranoácom vista da Ponte JK, e no gramado lateral ao flutuante, a céu aberto. 

Em suas duas edições em 2015 na cidadeem 03 de outubro e 07 de novembrotodas com ingressos esgotados, a Odara convidou os grupos femininos de percussão Batalá e As Batuqueiras para participações especiais. 

Nesta edição, a Odara traz os DJs residentes de São Paulo, Rubens Ca e Johnny Harpcujos trabalhos de pesquisa musical são de garimpar os grandes clássicos dançantes da nossa música, como também revelar o talento de novos artistas, confrontando gerações ao melhor estilo tropicalista: de Caetano Veloso a Criolo, de Wando a Johnny Hooker, de Tim Maia a Marcia Castro, de Gilberto Gil a Tulipa Ruiz, de Roberto Carlos a Roberta Sá etc. 

Além disso, a festa abordará o tema “Menos fanatismo pro mundo ficar odara”. “É só ligar a TV, abrir o jornal ou conversar com o vizinho: estamos dando espaço para o fanatismo mais cruel que pode existir, aquele que deseja aniquilar, queimar, apedrejar o que lhe é diferente”, diz Rodrigo Faria, produtor da festa. E continua: “seja no Oriente Médio, nos EUA ou no Brasil, dentro da nossa casa, o fanatismo é fácil de contrair, é mais contagioso do que qualquer vírus. Segundo o intelectual israelense Amós Oz, “a curiosidade e o humor são dois antídotos de primeira linha ao fanatismo”, e eu acredito que a música brasileira, o Brasil, com seu sincretismo religioso e cultural, sabe ter humor, adora fazer piada de si mesmo e tem muita curiosidade em olhar o outro, ser o outro. Tudo isso o Jorge Mautner já dizia. Então, a nossa festa Odara, a nossa música, é uma das vacinas contra o fanatismo”.

A festa, que acontece também em São Paulo e no Rio de Janeiro, também apresenta bandas ao vivo. Em abril, a festa levará a sua banda oficial para Brasília, a Banda Odara, formada por músicos de destaque na cena musical independente como Nevilton, Bruno Souto e Tika. Além de sua banda oficial, muitos outros artistas já se apresentaram em seu palco, como os consagrados Odair JoséHyldon e Arnaldo Antunes, e os mais novos da cena independente como Pedro BabyBem Gil, Karina BuhrMarcia Castro e Bárbara Eugênia. 

Outros artistas que já se apresentaram na OdaraEdy Star, Curumin, Kiko Dinucci, Andreia DiasJúlia Bosco, DizMaia, Luz Marina, Pélico, Brasov, Domênico Lancelotti, Pedro Sá, Letuce, Daniel Groove, Laya Lopes, Saulo Duarte, Nevilton, Pipo Pegoraro, Juliano Gauche, Tatá Aeroplano, Gisele De SantiPélicoDiogo Soares, Exalta Rei, Bicicletas de Atalaia, Samba de Rainha, Zé Maria, Trupe Chá de Boldo, The Mockers, Marcela Bellas, Todos os Caetanos do Mundo, Leo Cavalcanti, Péricles Cavalcanti, entre outros. É a festa que mais trouxe artistas da nova cena musical brasileira para o seu palco. 

que mais os DJs tocam na Festa Odara? Caetano Veloso, Gilberto Gil, Os Mutantes, Gal Costa,  KetiLuiz Gonzaga, Rita Lee, Tom Arnaldo Antunes, Raul Seixas, Maria BethâniaBonde do RolêRobertinho do Recife, Tulipa Ruiz, Banda do Mar, Jorge Ben, Originais do Samba, Almir Guineto, Elis Regina, Roberto Carlos, Otto, Carlinhos Brown, CrioloCazuza, Ney MatogrossoLuiz Caldas, Wando, Reginaldo Rossi, Odair José, Chico Buarque, Tim Maia, sem ordem de importância, além de músicas de todos os artistas acima citados que já subiram ao palco da festa. 

Página oficial da Festa Odara no Facebook:  
www.facebook.com/festaodaraoficial   

Serviço: Festa Odara
Data: 12 de março (sábado) às 22 horas 
Local: Flutuante Laguna (SCES Trecho 2 - Beira Lago Paranoá - Com vista para a ponte JK, próximo ao restaurante Mangai) 

Ingressos:   
Antecipados online:  
1o Lote: R$ 20,00  
2o Lote: R$ 30,00  
(Acesse: www.ingresse.com)   
Na bilheteria na hora do evento: 3o Lote: R$ 45,00 – APENAS EM DINHEIRO. 
Aceita-se cartão de débito e crédito para consumo no bar. 

==> Foto: Sinclair Maia

0 comentários:

Postar um comentário