Espetáculo "E Foram, Quase Felizes Para Sempre" estréia em Brasília

E Foram, Quase Felizes Para Sempre é primeira comédia solo escrita e encenada pela atriz Heloisa Périssé. O espetáculo se passa na noite de autógrafos da escritora Letícia Amado. Ela viajou um ano e meio, atrás dos melhores resorts, melhores praias e hotéis para que as pessoas pudessem viajar com seus amores e curtir uma lua de mel inesquecível. Só que durante o período da procura, por conta, de suas diversas viagens, ela se separa do marido, e no dia da sua tão esperada noite de autógrafos, quandp ela finalmente está lançando seu livro, CANTINHO PRA DOIS, vê o ex marido beijando uma nova namorada.

E agora? Casa cheia, o livro prometendo ser um sucesso retumbante e Lelê na pista de novo! Ela não vai nem poder usar o próprio livro que escreveu. Vai para os cantinho pra dois com quem? Mas durante a peça, ela confessa que sempre teve um relacionamento muito conturbado com Paulo Vitor. E nessa peça desabafo, onde ela vai contar suas desventuras, tenho certeza que muita gente vai acabar se identificando. Bom, a identificação pode ser para algumas pessoas, mas a diversão vai ser geral.

Essa não é a primeira vez que a atriz se aventura a escrever e, desta vez ela fala sobre relacionamentos, trabalho, problemas que estão presentes na vida de todas as pessoas, colocando em questão a instituição do casamento. Tudo isso, é claro, com um olhar bem humorado e contemporâneo. Seu texto gera uma identificação imediata em todos os casais, sejam eles bem ou mal sucedidos. Essa é uma questão que, pelo menos em algum momento da vida, atinge a todos, independente de cor, raça ou classe social.

Neste projeto podemos acompanhar o amadurecimento de uma atriz, que é capaz de produzir um texto teatral, transportando para o palco histórias que podem ser de muitas mulheres e de muitos relacionamentos. Entender os nossos relacionamentos é perceber um pouco de nós mesmos, de como nós somos e como nos comportamos, sozinhos e em dupla. Além disso, o humor, que permeia o texto, torna todos os assuntos mais prazerosos e é capaz de atingir mais pessoas de forma mais eficaz. Esta é a primeira vez que Heloisa Périssé se aventura num monólogo, e faz isso com o amadurecimento que obteve como atriz, depois de 10 anos em cartaz com a peça Cócegas.


FICHA TÉCNICA

Autor:                                                 Heloisa Périssé
Direção:                                             Susana Garcia
Cenário:                                             Miguel Pinto Guimarães
Figurino:                                             Reka Koves
Iluminação:                                        Maneco Quinderé
Trilha musical                                    Alexandre Elias
Programação Visual:                         Luiz Stein
Produção Audiovisual            :                       Dudu Shamon
Diretor de Palco:                                Alvaro Donatti
Operador de Luz:                              Ge Barbosa
Operador de Som:                             Adolfo Prado
Produção e Administração:              Filomena Mancuzo Mancuzo Entretenimento
Realização:                                       HP Produções Artísticas Ltda
Produção em Brasília:                       DECA Produções


SERVIÇO
E Foram, Quase Felizes Para Sempre

Dias 09 e 10 de abril
Local Teatro dos Bancários - Sindicato dos Bancários EQS 314/315
Telefone: 35229521 // 32629090
Horários: Sábado às 21h e domingo às 19h

ÚNICAS APRESENTAÇÕES

Preços: R$ 100,00 a inteira e R$ 50,00 meia entrada

Ingressos a venda na Bilheteria do Teatro sem taxas.
Pontos de venda nas lojas bilheteriadigital no Pátio Brasil, Liberty Mall e Alameda Shopping.
Cartões pelo site www.bilheteriadigital.com
Vale cultura apenas na bilheteria do teatro dos Bancários.

Desconto de 50% no valor do ingresso inteiro para clientes BRB e doadores de 2 kgs de alimento não perecível.
Classificação etária: não recomendado para menores de 14 anos
Duração: 90 minutos

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário