Memória, sabor e música nos 462 anos da cidade que nunca dorme

Comemorou-se no dia 25 de janeiro de 2016, 462 anos da cidade que hoje é considerada a maior do Brasil e da América do Sul. São Paulo, a capital que nunca dorme, nasceu no ano de 1554, em uma missa celebrada por Manuel de Paiva, onde hoje é o Pátio do Colégio, na presença de um grupo de jesuítas comandados pelos padres Manuel da Nóbrega e José de Anchieta.

Para partilhar ainda mais conhecimento sobre a Terra da Garoa, e homenageá-la em mais um aniversário, a Editora Unesp separou alguns títulos que proporcionam informação aos amantes de Sampa.

A metrópole de São Paulo no século XXI: espaços, heterogeneidades e desigualdades

A metrópoleOrganizador: Eduardo Marques | Páginas: 458 | ISBN: 978-85-393-0574-2 | Preço: R$ 69,00

A metrópole de São Paulo vem se tornando mais heterogênea econômica, social e espacialmente e menos desigual em termos de renda, inserção no mercado de trabalho e condições de vida de seus habitantes, mesmo nas áreas mais precárias. A imagem emerge dos 13 ensaios que compõem esta obra, os quais abordam temas específicos, a partir de um diagnóstico comum, para construir um panorama atual da região metropolitana.

A participação em São Paulo

Organizador: Leonardo Avritzer | Páginas: 472 | ISBN: 85-7139-552-7 | Preço: R$ 55,00
A participação em São Paulo

Organizada por um dos maiores especialistas no tema "Orçamento Participativo" no Brasil, esta obra combina pesquisa original, pesquisadores reconhecidos com orientações teóricas diversificadas e amplo e complexo leque de questões. Examina o universo da participação na cidade de São Paulo, abordando: o associativismo paulistano, popular e religioso; os vínculos institucionais das organizações com partidos e governos; a questão cultural, analisando as relações entre a cultura política e as experiências associativas; as novas tendências democráticas da vida brasileira; os limites e possibilidades que as diferentes instâncias demonstram nas suas experiências concretas na cidade, em relação aos Conselhos Gestores de Saúde e ao Orçamento Participativo. Aborda, também, os instrumentos jurídicos de criação e regulamentação dos conselhos municipais e as mudanças nas concepções de planejamento urbano, que se abrem ao princípio da participação da sociedade.

São Paulo: Memória e Sabor

São Paulo - memória e saborAutora: Rosa Belluzzo | Páginas: 120 | ISBN: 978-85-713-9883-2 | Preço: R$ 70,00

Tema de simbolismo tão marcante na identidade de São Paulo, a alimentação é apresentada neste livro como um acompanhamento das informações sobre a história da ocupação e da formação da sociedade paulistana. Rosa Belluzzo, na pesquisa e na documentação que o compõem, demonstra como as fusões, associações e confluências de temperos, alimentos, modos de preparo, apresentação e utensílios associados definiram pratos que, em mais de quatrocentos anos, estão fortemente identificados com a cidade e a região. 

Metamorfoses Paulistanas: atlas geoeconômico da cidade

Organizadores: Alvaro A. Comin, Carlos Torres Freire, Silvia Anette Kneip e Tomás Cortez Wissenbach | Páginas: 358 | ISBN: 978-85-393-0140-9 | Preço: R$ 70,00  
Metamorfoses

Esta obra resulta de uma pesquisa acerca das transformações econômicas, do ordenamento do uso do solo e das intervenções públicas territoriais em São Paulo, feita em parceria entre o Cebrap (Centro Brasileiro de Pesquisas e Planejamento) e a Secretaria Municipal de Planejamento (Sempla).
O estudo foi concebido com o objetivo de contribuir para políticas públicas de longo prazo para o município, tendo como base a competitividade da capital e seu papel estratégico no Brasil.

Música e universidade na cidade de São Paulo: do samba de Vanzolini à Vanguarda Paulista

Música e universidadeAutora: Sonia Alem Marrach | Páginas: 184 | ISBN: 978-85-393-0191-1 | Preço: R$ 48,00

Para resgatar a importância da cena musical paulistana, Sonia Alem Marrach realiza um passeio pela música e produção intelectual de cinco compositores/professores que desenvolveram sua carreira na cidade de São Paulo. O livro congrega as histórias de vida e as discussões acadêmicas de Paulo Vanzolini, Arrigo Barnabé, Luiz Tatit, José Miguel Wisnik e Arthur Nestrovski.

A autora dá destaque, ainda, para a Vanguarda Paulistana, movimento musical do início dos anos 1980, que contou com a participação desses cinco compositores, na busca da união entre pesquisa, crítica e música, formando um cenário inédito no Brasil em que a canção popular tornou-se objeto de estudo e equiparou-se ao status intelectual das grandes artes. A importância dos nomes envolvidos e a persistente influência dos movimentos de que participaram tornam imprescindível o livro de Sonia Marrach.

==> Fotos: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário