História das disputas oligárquicas em Mato Grosso na Primeira República

A configuração local do poder durante o começo da história republicana brasileira é o foco dos estudos de Larissa Rodrigues Vacari de Arruda em Disputas Oligárquicas: as práticas políticas das elites mato-grossenses (1892-1906), lançamento da EdUFSCar, com apoio da Fapesp. Neste período conturbado, o poder político passa por um processo forte de descentralização levando à institucionalização de práticas como o coronelismo e o fortalecimento da posição dos governadores.

Este é o quadro encontrado em Mato Grosso entre 1892 e 1906, foco do livro, como demonstra seu título, assim como a ação das elites, revelando uma das faces da complexa diversidade política regional na Primeira República. Elites que, nesse período, travam uma competição feroz para conquistar posições. Como coloca a professora Maria Teresa Miceli Kerbaury na Introdução da obra, detalhando as peculiaridades das oligarquias mato-grossenses e as práticas políticas na região, Larissa “contribui para um melhor entendimento das especificidades das elites regionais e dos desequilíbrios federativos que caracterizavam a Primeira República”.  O que, por sua vez, propicia uma melhor compreensão da política nacional do período.

Nesta dinâmica entre poderes locais e o nacional, onde o sistema de poder se confunde com aquilo que é familiar e privado, Larissa primeiro se volta para os acontecimentos históricos brasileiros e mato-grossenses para em seguida se debruçar nas relações entre as elites, na luta dos coronéis pelo poder, nos confrontos e alianças entre as famílias Ponce, Murtinho, Corrêa da Costa e Paes de Barros. Uma história de conflitos armados, saques a cidades, eliminação de opositores e reivindicações pela divisão do Estado.

Sobre a autora – Larissa Rodrigues Vacari de Arruda é bacharel em Sociologia e Política pela Fundação Escola de Sociologia e Política de São Paulo (FESPSP), mestre pelo Programa de Pós-Graduação em Ciência Política na Universidade Federal de São Carlos (UFSCar) e doutoranda na mesma universidade. Bolsista Fapesp (mestrado e doutorado). Foi professora substituta no curso de Ciências Sociais na Universidade Estadual de Mato Grosso do Sul (UEMS) e na Universidade Federal do Mato Grosso do Sul (UFMS). Atua nas áreas de Sociologia e Ciência Política, principalmente em estudos do Poder Local, Elites Políticas, Pensamento Político e Social Brasileiro e História Política Brasileira.

Título: Disputas oligárquicas: as práticas políticas das elites mato-grossenses (1892-1906) 
Autora: Larissa Rodrigues Vacari de Arruda
Número de páginas: 206
Formato: 14 x 21 cm
Preço: R$ 36,00
ISBN: 978-85-7600-418-9

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário