Paula Fernandes, Maria Rita, Ferrugem, Sandra de Sá, Marcelo Falcão, Fernanda Takai, e mais ...

A União Brasileira de Compositores (UBC) reunirá estrelas da música brasileira no Festival 24h Juntos Pela Música, uma verdadeira maratona musical e solidária. Paula Fernandes, Maria Rita, Ferrugem, Fernanda Takai, Sandra de Sá, Kell Smith, Marcelo Falcão, Xênia França, Cesar e Romero Ferro são alguns dos 24 artistas confirmados no evento virtual, entre os dias 30, a partir de 12h, e 31 de maio, até 13h. As apresentações serão transmitidas ao vivo no Instagram da entidade @ubcmúsica.

O Festival arrecadará fundos para a campanha Juntos Pela Música, realizada pela UBC em parceria com o Spotify, que está distribuindo recursos para artistas em situação de vulnerabilidade social, impactados pela crise do Covid-19. Até o momento, mais de 2.000 pessoas já fizeram doações ao fundo. O montante já passa de R$ 1.2 milhão, sendo R$ 500 mil doados pela UBC e R$ 500 mil pelo Spotify. O crowdfunding está sendo promovido na plataforma Benfeitoria: https://benfeitoria.com/juntospelamusica.

O evento virtual será em atmosfera intimista. Cada participação dos músicos será apresentada por uma personalidade da cultura brasileira. Os atores Lucio Mauro Filho e Rafael Portugal estão no time de apresentadores. Todos participarão de suas casas.

Marcelo Castelo Branco, diretor-executivo da UBC, fala sobre a importância do Festival. "Desde o inicio da pandemia fomos inundados pela invasiva generosidade da arte e especialmente da música. As lives musicais entraram nas nossas vidas como um afago, um ombro amigo e com um papel solidário e curativo sem igual. Agradecemos todos os artistas que estão doando o seu tempo e talento neste momento tão delicado e de tantas incertezas", afirma.

Com o valor arrecadado até o momento pelo fundo Juntos Pela Musica, a UBC está auxiliando mais de 520 artistas, com doações de R$ 1.600 reais para cada. No entanto, mais de 1.500 músicos já solicitaram o benefício. Com isso, a colaboração do público é fundamental para atender ao maior número possível de artistas afetados pela paralisação do mercado.

Confira o lineup do Festival 24h Pela Música:

30 de maio
12h - Atitude 67
13h - Maria Rita
15h - Kell Smith
16h - Thales Roberto
17h - Di Ferrero
18h - Luiz Carlos Sá
19h - Zé Ricardo
20h - Agnes Nunes
21h - Paula Fernandes
22h - Bruno Martini
23h - Blancah

31 de maio
00h - Sandra de Sá
01h - Romero Ferro
02h - Canto Cego
03h - Mulamba
04h - Marcelo Falcão
05h - Rogê
06h - Pierre Aderne
07h - Padre Joãozinho
08h - Bia Ferreira
09h - Fernanda Takai & John Ulhoa
10h - Xênia França
11h - Xamã
12h- Ferrugem

Sobre o fundo "Juntos Pela Música"
A pandemia do Covid-19 acertou em cheio a indústria da música. A proibição da realização de eventos estancou quase por inteira a fonte de renda de milhares de artistas. A crise afeta também a arrecadação de direitos autorais por execução pública, que terá queda de R$ 140 milhões em 3 meses, segundo o Ecad. Diante deste cenário, a União Brasileira de Compositores (UBC) e o Spotify lançam o fundo "Juntos Pela Música", que remunerará artistas que enfrentam dificuldades financeiras. O fundo nasceu com R$ 1 milhão, sendo R$ 500 mil da UBC e outros R$ 500 mil do Spotify, destinados a milhares de artistas afetados pela quarentena.

Para ampliar o alcance dos benefícios, as entidades abriram a campanha para doações da sociedade civil, através de uma plataforma de crowdfunding: www.benfeitoria.com/juntospelamusica.

O movimento faz parte do projeto global "Spotify COVID-19 Music Relief". A empresa irá igualar as doações arrecadadas via crowdfunding, em parceria com a UBC, para atender os artistas. Neste caso, o Spotify se compromete a equiparar a doação em 1:1. Para cada real doado pela sociedade, a empresa doará o mesmo valor, além do aporte inicial de R$ 500 mil, até o limite do seu programa global de ajudas do gênero.

Sobre a UBC
União Brasileira de Compositores - UBC é uma associação sem fins lucrativos, dirigida por autores, que tem como objetivo principal a defesa e a promoção dos interesses dos titulares de direitos autorais de músicas e a distribuição dos rendimentos gerados pela utilização das mesmas, bem como o desenvolvimento cultural.

A UBC foi fundada em 1942 por autores e atua até hoje com dinamismo, excelência em tecnologia da informação e transparência, representando mais de 30 mil associados, entre autores, intérpretes, músicos, editoras e gravadoras. Para mais informações: Elisa Eisenlohr: elisa.eisenlohr@ubc.org.br / Whatsapp: (21) 99746-4047.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário