Circo Grock permanece em cartaz com “Uma História de Circo” no CCBB Brasília

Senhoras e senhores! A magia do circo volta a tomar conta do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília. O Circo Grock aterrissa na capital para uma nova temporada de apresentações com o projeto Circo Grock 2019 – Uma História de Circo. O espetáculo que foi encenado em julho, volta ao picadeiro, no dia 1º de agosto, de quinta a domingo e permanece até 8 de setembro.

Celebrado pela teatralidade, alegria e criatividade que cativam plateias por todo o Brasil, o Circo Grock retorna ao Distrito Federal contando “Uma História de Circo”, que faz referência aos tradicionais números circenses e à história dessa arte milenar. Com cinco números, entre falas, circo tradicional, teatro e apresentações musicais de adaptações dos clássicos da cultura popular, o espetáculo resgata a atmosfera colorida e animada dos picadeiros originais.

A trupe é formada por oito artistas, entre palhaços, mágicos, malabaristas, atores e equilibristas. Os proprietários Nil Moura e Gena Leão – que encarnam os palhaços Espaguete e Ferrugem - percorreram países da Europa, por dez anos, coletando referências para construir uma estrutura narrativa, que condensa o universo do circo de uma forma divertida e cativante para todos os públicos.

Os criadores também são mestres de cerimônia, que conduzem as atrações com desenvoltura e interação com a plateia. Nil Moura destaca a presença do Mágico Mr. Jack, premiado com o primeiro lugar no Festival de Mágicos do Nordeste (Fenoma – Ceará), que ganha a atenção da plateia também por se transformar em personagens lúdicos de filmes e da cultura infanto-juvenil.

O espetáculo funciona como uma reflexão do circo sobre si mesmo, levando ao público um pouco da vida e da emoção de estar em um palco desenvolvendo essa arte e convidando a plateia a participar da dinâmica do circo. “Nossa História de Circo carrega uma forte mensagem sobre o papel do circo na sociedade, desde a criação e concepção de cada personagem integrante dessa magia”, explica o artista Nil Moura.

Ao longo da história, os narradores guiam a atenção do espectador ao fazer uma analogia ao trabalho do artista, interpretando a importância do circo e do trabalho do artista para a sociedade em que está inserido.  “A nossa ideia é mostrar que a vida é um grande espetáculo, e convidar cada um a dar o seu melhor papel dentro desse palco”, explica. 

Sobre o Circo Grock 
O Circo Grock foi criado em dezembro de 2005 e teve sua estreia oficial em abril de 2006, na cidade de Natal, RN. Criado pelos circenses Nil Moura e Gena Leão, que já somam mais de 25 anos de picadeiro, o Grock é uma das raras trupes circenses que ainda trabalha em âmbito de circo familiar. O projeto surgiu de outro circo anteriormente administrado pela mesma dupla e sua família: o Circo Teatro Cara Melada. O Circo Grock nasceu como um projeto ousado, como um circo de pequeno porte, mas com um acabamento de uma grande companhia.

Com uma vasta experiência, dentro e fora do Brasil, a dupla percorreu países da Europa como Alemanha e Suíça por uma década para se aperfeiçoar e conduzir os espetáculos com vasto conhecimento de circo, teatro e dança, buscando fazer uma releitura das artes do picadeiro em seu aspecto mais poético e tradicional. O grupo já se apresentou em mais de 33 cidades pelo Brasil e no exterior. Desde 2015 circula pelo país, participando de festivais de circo e teatro, e em itinerância própria.

Ficha Técnica:
Direção: Nil Moura
Assistente de direção: Gena Leão
Apresentador e palhaço Espaguete: Nil Moura
Palhaça Ferrugem: Gena Leão
Mágico: Jack Leidson
Assistente de Mágico:  Sandra Teodósio
Malabarista e homem pássaro: Ramon William
Malabarista e homem pássaro (substituto): Leandro Felipe
Sonoplastia e iluminação: Fábio Felipe Wanderley
Contrarregras:  Artur, Manoel e Pacelli
Equilibrista e palhaço Ferrolho: Lion Nathan
Assessoria de Imprensa: Tato Comunicação


SERVIÇO:

Circo Grock – Uma História de Circo
Local: Área externa do CCBB, em Brasília
De 1 de agosto a 8 de setembro, de quinta a domingo
Quintas e sextas, às 19h30
Sábados e domingos, às 17h30 e 19h30

Ingresso: R$ 30,00 (inteira), R$ 15,00 (meia entrada e clientes BB)
Vendas na bilheteria do CCBB e também no site www.eventim.com.br
Duração do espetáculo – 90 minutos
Classificação Livre
Endereço: SCES Trecho 2 – Brasília/DF  Tel.: 61 3108-7600

==> Foto: Brunno Martins

0 comentários:

Postar um comentário