MONÓLOGO DE MATHEUS NACHTERGAELE FAZ TEMPORADA NA CAIXA CULTURAL BRASÍLIA

A Caixa Cultural Brasília apresenta, de 8 a 11 de novembro de 2018, a peça Processo de Conscerto do Desejo. O espetáculo é uma homenagem que o ator Matheus Nachtergaele faz à mãe, Maria Cecília Nachtergaele, que faleceu em 1968. No palco, ele recita os textos da poetisa acompanhado do músico Luã Belik e do violinista Henrique Rohrmann.

A peça estreou em julho de 2015, quando Matheus e Luã Belik apresentaram, no Festival de Teatro de Ouro Preto e Mariana, um recital com músicas que compuseram juntos, acompanhados dos poemas de autoria da mãe poetisa, além das canções por ela adoradas.

Nesta segunda etapa do processo, Matheus passa a dizer os textos de Maria Cecília em primeira pessoa, numa operação delicada de possessão e homenagem. Há um ano na estrada, a peça já passou por cidades como Rio de Janeiro, São Paulo, Recife, Fortaleza, Brasília, Paraty, Uberlândia, Porto Alegre, Pelotas, Caxias do Sul, entre outras.

A construção desse espetáculo, segundo o ator (e diretor), acontecerá diante do público: “Preciso das pessoas como observadores emocionados. Quero ir consertando meu desejo de acordo com essa emoção, dia após dia. Como na vida. Como no teatro. Isso, só o teatro pode nos trazer. Temos um horário alternativo, um ator, um violão, lindos poemas e a canção. Tudo pequenininho para a grandeza do essencial: artista e espectador em oração profana”.

Processo de Conscerto do Desejo | Por Matheus Nachtergaele
Poucas palavras se confundem tanto em nossa língua quantos 'concerto' e 'conserto'. Aqui, elas se mesclam vertiginosamente. A palavra desejo, em filosofia, seria a tensão em direção a um fim de onde se espera satisfação. Tradicionalmente, o desejo pressupõe carência, ou alguma forma de indigência: um ser que não carecesse de nada, não desejaria nada. Seria um ser perfeito, um Deus. Por isso a filosofia, tantas vezes, considera o desejo como característica primeira do ser imperfeito, do ser finito.

Quero consertar meu desejo com poesia, num concerto. Explico: minha Mãe, a poeta Maria Cecília Nachtergaele, faleceu quando eu era um bebê de três meses. Dela, me restaram seus poemas, lindos e maduros, escritos de uma jovem mulher moderna e triste, e essa veia que me marca a testa quando rio ou choro muito. Em Processo de Conscerto do Desejo, acompanhado pelo jovem violonista Luã Belik, direi finalmente os poemas que guardei nos olhos e na alma como única herança dela. O espetáculo é simples assim: um homem (que por acaso é um ator) diz no palco as palavras escritas por sua mãe. Um violão (não por acaso, pois Maria Cecília amava os violões) o acompanha. É só isso, se isso for pouco.

Incentivo à Cultura:
A CAIXA investiu mais de R$ 385 milhões em cultura nos últimos cinco anos. Em 2018, nas unidades da CAIXA Cultural em Brasília, Curitiba, Fortaleza, Recife, Rio de Janeiro, Salvador e São Paulo, está prevista a realização de 244 projetos de Artes Visuais, Cinema, Dança, Música, Teatro e Vivências.

A CAIXA Cultural Brasília, inaugurada em 1980, foi o primeiro espaço cultural instituído pela CAIXA. Localizada na região central de Brasília, perto da estação Galeria do metrô e da rodoviária do Plano Piloto, possui cinco galerias, teatro, sala multimídia e Jardim das Esculturas. Em 2018, está prevista a realização de 60 projetos e o retorno do Programa Educativo CAIXA Gente Arteira.


Ficha Técnica:
Textos: Maria Cecília Nachtergaele
Direção e Interpretação: Matheus Nachtergaele
Violão: Luã Belik
Violino: Rafael Dias Belo
Coordenação geral de Produção: Miriam Juvino
Direção de Produção: Jéssica Santiago e Rafael Faustini
Produção Executiva: Rafael Faustini e Vinicius Meneguzzi
Produção local: Milca Luna
Corpo: Natasha Mesquita
Voz: Célio Rentroya
Iluminação: Orlando Schinder
Contra Regra: Cedelir Martinusso
Artes Visuais: Cláudio Portugal e Karina Abicalil
Manutenção de Artes Visuais: Thamires Trianon
Realização: 9MESES Produções e Faustini Produções
Assessoria de Imprensa local (DF) – Âncora Comunicação


SERVIÇO:

Processo de Conscerto do Desejo - com Mateus Nachtergaele
Local: CAIXA Cultural Brasília – Teatro da CAIXA (SBS Quadra 4 Lotes 3/4)
Data: 08 a 11 de novembro de 2018
Horário: quinta a sábado, às 20h | domingo, às 19h
Ingressos: R$ 30,00 e R$ 15,00 (meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de livros).
Bilheteria: de terça a sexta e domingo, das 13h às 21h, e sábado, das 9h às 21h. Contato: (61) 3206-6456
Duração: 60 minutos
Classificação: 16 anos
Capacidade: 406 lugares (8 para cadeirantes)
Acesso para pessoas com deficiência e assentos especiais
Patrocínio: CAIXA e Governo Federal

==> Foto: Leo Aversa

0 comentários:

Postar um comentário