Forró DoBrado ocupará Conic até 2019. Evento gratuito neste sábado (13/10)

O momento é de dançar agarradinho. Após a primeira edição de sucesso em setembro, o evento Forró Dobrado voltará a ocupar o Conic (Setor de Diversões Sul) no dia 13 de outubro (sábado), das 21h às 2h.  E promete mais daquele forró clássico, pé de serra comandado pela banda brasiliense Forró do B. Para agitar ainda mais a festa, o grupo vai convidar, desta vez, a artista Emília Monteiro. DJ Pati Merenda garantirá o som durante os intervalos e a VJ Mari Mira será responsável pelas belas projeções nos prédios do Conic. A entrada é gratuita.

             O projeto Forró DoBrado nasceu como uma extensão do forrozinho que acontece todas as quartas-feiras em frente ao Bar Thainá, na praça Central do Conic. Criado em 2017, o projeto de nome Forró do B dá também nome a banda formada por artistas brasilienses no mesmo ano. O DoBrado veio para dobrar a diversão que, agora, acontecerá uma vez por mês sempre aos sábados também em frente ao bar Thainá. E terá Forró DoBrado até junho de 2019, época que contempla as festas juninas da capital federal.

            No palco são as vozes femininas que comandam. O Forró do B é formado por Natália Pires, responsável pela voz e percussão junto com Maísa Arantes, que também toca rabeca e pífano. A banda conta ainda com os músicos Gabriel Tomé (zabumba), e Marcelo Neder (violão).
            
              “O nome da banda remete à opção em trazer para o público o lado B do forró. O grupo se dedica à pesquisa musical, resgatando nomes pouco conhecidos do forró pé de serra para o público em geral, trazendo foco para um instrumento hoje em dia menos convencional: a rabeca”, destaca Natália Pires, também coordenadora de produção do Forró DoBrado.

               No repertório, o Forró do B apresenta canções autorais como Meninos do Goiás, Wolverine no Forró, Ligada no Mundo (de Marcelo Neder) Livre Louca, Forró Proibido (de Natália Pires), Outra Madrugada (Maísa Arantes) , dentre outras. “Privilegiamos as vozes femininas, não à toa nossas cantoras são mulheres. E fazemos com amor e de graça para o público porque acreditamos na contribuição voluntária e consciente.”, ressalta o zabumbeiro, Gabriel Tomé.

               Forró DoBrado é uma realização do Coletivo Forró do B com o patrocínio do FAC – Fundo de Apoio à Cultura. Ainda, apoio do restaurante e bar Thainá (Conic).

Conheça Emília Monteiro, a segunda convidada do Forró DoBrado
Trazendo as cores e sons do Amapá para o resto do país, Emília Monteiro faz um som único e diferenciado na cena musical brasileira. Ela é de família amapaense, radicada em Brasília, e traz em suas músicas as lembranças afetivas do Norte. Um estilo que mescla música regional com pop radiofônico. Sua presença de palco irreverente e intensa se destaca pela forte interpretação e entrega, resultando num show quente, excitante, dançante, envolvente e brasileiríssimo que já passou pelo réveillon do Distrito Federal e até pelo Galo da Madrugada, em pleno carnaval de Olinda.

Emília começou sua carreira em Brasília, atuando e cantando na Companhia dos Menestréis de Oswaldo Montenegro. A experiência adquirida nos palcos foi usada para compor seu show e o seu disco de estreia ("Cheia de Graça", de 2013).

Ritmos como o Batuque do Amapá, o Carimbó Chamegado e o Lundu do Pará, relidos em arranjos contemporâneos e universais, o Zouk Love e ritmos de influência latino-caribenha dão o tom do CD e do show de Emília. Um verdadeiro convite ao calor da Linha do Equador com todo o seu potencial sensual, caliente e dançante.

Ela foi considerada pela curadoria do Festival Cena Contemporânea 2015 como “a representante máxima dos sons do Norte na capital”.  Seu disco concorreu ao Prêmio da Música Brasileira 2014, foi nomeado pelo Blog Eu Ovo como o segundo melhor disco do ano de 2013 e rendeu uma turnê por todo o país.

Mantendo as raízes fortes, Emília comanda o Bora Coisar, primeiro e único bloco de carnaval amazônico de Brasília. Em 2015 e 2017, arrastou mais de 5 mil pessoas em cada edição para as ruas de Brasília, dançando somente os ritmos amazônicos.

Preparando novidades, Emília voltou a excursionar pelo país em abril/2018, com uma série de shows no Rio de Janeiro (Jacarepaguá, Parque das Ruínas e Feira de São Cristóvão). 

Ficha Técnica:
Projeto Forró DoBrado
Ficha Técnica Forró DoBrado no Conic
Artistas do fronte:

Forró do B
- Gabriel Tomé - Zabumba
- Marcelo Neder - Violão
- Maísa Arantes - Voz e Rabeca
- Natália Pires - Voz e percussão

Projeções: Mari Mira
Discotecagem: Patrícia Egito
Interpretação em Libras: Thalita Araújo (Coletivo Maleta Cultural)

Os artistas dos bastidores:
Realização: Coletivo Forró do B
Elaboração do projeto: Natália Pires e Camila Pires
Coordenação Geral de Produção:  Natália Pires
Produção Executiva: Camila Pires e Mariana Venturim
Coordenação de Logística: Cleudes Pessoa
Assistentes de Produção: Manuela Castelo Branco e Vinícius Brito
Assessoria de Imprensa: Clara Camarano (Baú Comunicação)
Assessoria de Comunicação: Keyane Dias e Davi Mello (Pareia Comunicação e Cultura)
Identidade Visual: Nara Oliveira (Estúdio Gunga)
Fotografia: Webert da Cruz (Estúdio Gunga) e Davi Mello (Pareia Comunicação e Cultura)

SERVIÇO:

Forró DoBrado 2018
Forró do B convida Emília Monteiro
Dia: 13/10 (sábado)
Horário: 21h às 2h
Local: Conic (Setor de Diversões Sul)
Entrada franca
Informações: 98188-0560
Instagram: @forrodob
Não recomendado para menores de 18 anos

==> Foto: Face Oficial

0 comentários:

Postar um comentário