Com novo projeto editorial A lagartixa que virou jacaré chega a sua quarta edição

Na infância se começa a construir a autoestima, a admiração pelas pessoas e a vontade de ser igual a elas. Em A lagartixa que virou jacaré, Izomar Camargo Guilherme, mostra que a felicidade não está somente na aparência e que nem sempre as mudanças que almejamos nos tornam mais felizes. Em sua quarta edição pela Editora Moderna, o título chega repaginado e com projeto editorial muito mais colorido.

Pelo porte físico que aparenta força e poder, a lagartixa Filomeno sempre teve a figura do jacaré como a sua maior inspiração. Por causa disso, ele busca a ajuda de um cirurgião plástico, o Dr. Sapão, para realizar sua tão sonhada transformação. Depois de muito esticar e puxar e a colocar de dentes de serra, ele finalmente conseguiu conquistar a aparência de seu ídolo.

Aos seus olhos, Filomeno tinha atingido seu objetivo e estava do jeito que sempre quis ser. Porém, ao encontrar com seus amigos, o cachorro Totó e o galo Teteco, a lagartixa foi muito ridicularizada e acabou ficando triste. Nesse momento, percebeu que todas as mudanças que tinha realizado não valiam a pena, pois virou motivo de piada para os outros e, então, resolveu ir atrás do cirurgião novamente. Será que o Dr. Sapão conseguirá ajudá-lo a voltar a ser lagartixa mesmo depois de todas as mudanças?

Com ilustrações do próprio autor, o título de narrativa simples e divertida, agrada as crianças e também os adultos ao discutir que querer ser o que não somos pode ser um grande engano. A obra é voltada para o leitor a partir dos 7 anos.

Sobre o autor
Izomar Camargo Guilherme nasceu em São Paulo, em 1938. Começou a escrever elaborando roteiros de histórias de humor – tema de que sempre gostou. As histórias em quadrinhos lhe deram experiência e estímulo para escrever seu primeiro livro, "A lagartixa que virou jacaré". Adora viajar, gosta muito de futebol e cinema. Fez habilitação ao Magistério, tornando-se professor do Ensino Fundamental, profissão que nunca exerceu, pois sua paixão é mesmo escrever e desenhar.

Sobre a Moderna
 

A Moderna na área de Literatura desenvolve projetos para que o aluno-leitor – desde a Educação Infantil até o Ensino Médio – ative sua capacidade de compreender, analisar e refletir sobre os conteúdos estudados. Com obras de ficção, não ficção e arte, o selo disponibiliza recursos para que o professor tenha a sua disposição todas as oportunidades de ensino, tais como: um plano leitor, apresentando os níveis de dificuldade de cada livro; um projeto de leitura, sugerindo atividades criadas por especialistas; e uma assessoria pedagógica específica para a necessidade da escola. Sempre em busca de novos caminhos para a excelência de suas publicações, a Moderna Literatura, numa iniciativa inédita no mercado editorial brasileiro, trouxe, com exclusividade para seu catálogo, todas as obras do renomado autor Pedro Bandeira, criando assim um momento importante para a literatura brasileira infantil e juvenil. O sucesso desta ação foi repetido com a escritora e ilustradora Eva Furnari e com o autor Walcyr Carrasco, cronista, dramaturgo, roteirista, tradutor e adaptador de clássicos da literatura.

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário