Copa Truck: Giaffone confirma pole, na decisão da Copa Nordeste, em Fortaleza

O piloto Felipe Giaffone confirmou o favoritismo, conquistou neste sábado a pole da segunda etapa e deu mais um passinho rumo ao título da Copa Nordeste. Depois de liderar todos os três treinos livres realizados no Autódromo Virgílio Távora, em Eusébio, região metropolitana de Fortaleza, o líder da classificação manteve o domínio na sessão decisiva e voltou a ser o único a completar uma volta pelo circuito em menos de um minuto.

Mas, apesar da superioridade, Giaffone precisou esperar para comemorar a terceira pole consecutiva - as anteriores foram há duas semanas em Caruaru e antes em Campo Grande, na definição da Copa Centro-Oeste. E os motivos não foram o clima quente e a concorrência dos demais pilotos. Entre a primeira e a segunda partes da classificação, houve a suspeita de que a equipe RM MotorSport teria feito o download dos dados de telemetria do caminhão de Giaffone, uma atitude passível de punição uma vez que neste momento os veículos se encontram em regime de parque fechado.

O suspense durou cerca de 40 minutos, até que o resultado fosse confirmado depois de analisados os horários das gravações dos arquivos nos computadores da equipe. “Foi uma pole suada, acho que a primeira da minha carreira que só confirmei depois de ir até a direção de prova. Agora vamos pensar nas corridas. Sem dúvida, vou correr para ganhar, mas o objetivo principal é vencer a Copa Nordeste. Por isso vou entrar na pista pensando no campeonato e fazendo contas para avaliar a condição dos meus principais adversários”, avisou Giaffone.

A segunda posição no grid ficou com Danilo Dirani, que tinha despontado como candidato a uma vaga na primeira fila somente no treino anterior. “Não consegui dar muitas voltas nos treinos livres, mas resolvemos os problemas e pude me acertar com a pista e com o caminhão. Esta foi a primeira oportunidade que tivemos para completar uma sequência de voltas. Para a corrida, vamos mexer um pouco mais, já que a expectativa é de muito calor e de um grande desgaste do equipamento”, opinou Dirani.

Único representante do Nordeste no grid e campeão da Copa Centro-Oeste, o pernambucano Beto Monteiro despontou somente no qualifying, e por pouco não garantiu vaga na primeira fila. Mesmo tendo apenas chances matemáticas de ficar com o título, ele promete levantar o público local e disputar o pódio. “Estou muito feliz por esta posição, mas para mim a corrida ainda é uma incógnita. Nossa expectativa é de que haja quebras, porque em muitos pontos da pista os caminhões pulam muito. Mas esta é uma corrida especial para mim, porque Fortaleza é minha segunda casa no automobilismo. Estou muito feliz por estar aqui e espero que a torcida ajude meu caminhão a ir um pouco mais para a frente”, declarou.

Com ingressos esgotados desde a manhã deste sábado, a segunda rodada dupla da Copa Nordeste começa às 11h, com transmissão ao vivo pelo SporTV3.

O treino classificatório terminou assim:

1) Felipe Giaffone (Volkswagen), 59s857
2) Danilo Dirani (Scania), 1min00s461
3) Beto Monteiro (Iveco), 1min00s684
4) Roberval Andrade (Iveco), 1min00s778
5) Leandro Totti (Volvo), 1min00s783
6) André Marques (Mercedes-Benz), 1min00s784
7) Regis Boessio (Volvo), 1min01s002
8) David Muffato (Volkswagen), 1min01s015

9) Wellington Cirino (Mercedes-Benz), 1min01s368
10) Witold Ramasauskas (MAN), 1min01s375
11) Fabio Fogaça (Ford), 1min01s583
12) Debora Rodrigues (Volkswagen), 1min01s643
13) Renato Martins (Volkswagen), 1min01s999
14) Djalma Fogaça (Ford), 1min02s218
15) Luiz Lopes (Iveco), 1min02s350
16) Zé Maria Reis (Scania), 1min12s885
17) Joel Mendes Jr. (Scania), 1min02s253

==> Foto: Rodrigo Ruiz / MF2

0 comentários:

Postar um comentário