Resultados opostos para os Times de Basquete e Vôlei de Brasília

NBB CAIXA - Brasília vence Bauru e se aproxima de vaga no G-4

Era um confronto direto na briga pelo G-4 e UniCEUB/BRBCARD/Brasília e Gocil/Bauru Basket fizeram jus ao caráter decisivo da partida. Em um duelo equilibrado do início ao fim, o time da capital federal levou a melhor por 92 a 89, neste sábado, no Ginásio da Asceb, e deu um grande passo para confirmar a classificação direta às quartas de final do NBB CAIXA 2016/2017.

O NBB CAIXA é uma competição organizada pela Liga Nacional de Basquete (LNB), em parceria com a NBA, e conta com o patrocínio master da CAIXA, os patrocínios da SKY, Nike e Avianca e o apoio do Ministério do Esporte.

Brasília chegou a 18 vitórias em 26 partidas (69,2% de aproveitamento) e se manteve na terceira posição. A equipe abriu vantagem sobre o Bauru, quarto colocado, e precisa agora de apenas um triunfo em suas duas últimas partidas para garantir seu lugar entre os quatro melhores colocados da fase de classificação.


Mesmo com a derrota neste sábado, Bauru depende apenas das próprias forças para confirmar a quarta posição. Isso porque a equipe do técnico Demétrius Ferraciú, dona de 17 vitórias em 26 jogos (65,4% de aproveitamento) leva vantagem no confronto direto (primeiro critério de desempate) sobre Franca, quinto colocado.

O pivô Lucas Mariano foi o cestinha da partida, com 26 pontos, e apanhou dez rebotes, além de distribuir quatro tocos. Vindos do banco de reservas, Jefferson Campos e Alex Oliveira também tiveram boas atuações. O primeiro marcou 13 pontos e ainda teve cinco rebotes, três assistências e duas bolas recuperadas. Já Alex deixou a quadra com 11 pontos, quatro rebotes e três assistências.

Mais uma vez de volta à capital federal, Alex Garcia teve grande atuação no Ginásio da Asceb e produziu em todos os fundamentos para a equipe bauruense. Foram 23 pontos, sete assistências, quatro rebotes, duas bolas recuperadas e dois tocos para o "Brabo".

Esta foi a primeira vez em que Alex foi derrotado por sua ex-equipe. Até então eram seis jogos e seis vitórias para o camisa 10 contra o Brasília, já que ele não atuou na partida do primeiro turno desta temporada, também vencida pela equipe da capital federal.



SUPERLIGA FEMININA 16/17: Dentil/Praia Clube vence o Terracap/BRB/Brasília e está nas semifinais

Saiu o último semifinalista da Superliga feminina de vôlei 2016/2017: Dentil/Praia Clube (MG). A equipe de Uberlândia (MG) venceu o Terracap/BRB/Brasília (DF) na noite deste sábado (25.03) por 3 sets a 1, de virada (22/25, 25/17, 25/20 e 25/14), em 1h59 de partida e está classificado para a próxima fase da competição. Agora, o time do Praia enfrentará o Vôlei Nestlé (SP) na busca por uma vaga na grande decisão. A outra série será entre Rexona-Sesc (RJ) e Camponesa/Minas (MG).

A ponteira Ellen, do Dentil/Praia Clube, entrou no segundo set no lugar de Michelle, e foi uma das principais responsáveis pela virada no jogo depois da derrota na primeira parcial. Com grande desempenho, a ponteira foi a mais votada no site da Confederação Brasileira de Voleibol (CBV) e foi premiada com o Troféu VivaVôlei, programa de responsabilidade social da entidade que atende crianças de 7 a 14 anos por meio de escolinhas de vôlei.

Logo depois do jogo, a ponteira falou sobre o desempenho nesta noite. "Eu estava preparada. Durante a temporada, tive que entrar em alguns jogos e estava querendo entrar nesse jogo de hoje. Todos os atletas gostam dessa hora de decisão, de tudo ou nada. O time precisou de mim e eu consegui corresponder. Cheguei aqui focada e só tenho a agradecer pela oportunidade", declarou Ellen.

Já fora da Superliga, a ponteira e capitã do Terracap/BRB/Brasília, Paula Pequeno, falou sobre a atuação do seu time nesta noite e fez questão de enaltecer o grupo.

"Faltou um pouco de consistência, a mesma resistência que nós colocamos no jogo anterior, do início ao fim. Hoje oscilamos demais, elas souberam aproveitar os nossos maus momentos e sacaram melhor, deixando o nosso jogo um pouco mais lento. Mas, elas fizeram o papel delas. É um time que foi montado para chegar onde está. Nós fizemos tudo que podíamos e só tenho a parabenizar e agradecer a todas as jogadoras e comissão técnica, que se doaram ao máximo", concluiu Paula Pequeno.

O JOGO
Roberta abriu o placar do jogo a favor do Terracap/BRB/Brasília com ponto de bloqueio. Vívian marcou mais um no ace. Com mais um bloqueio de Roberta, 3/0. A equipe visitante ainda abriu 5/1. Picinin pediu tempo. Brasília teve dois de vantagem em 7/5. Com Natasha, o Dentil/Praia Clube deixou tudo igual em 9/9. A equipe de Brasília voltou a abrir três em 13/10 com mais um bloqueio de Roberta. O placar ainda foi a 14/10. O time da casa reduziu para 12/14 e, no bloqueio de Alix, encostou em 14/15. No ponto de saque de Claudinha, o Dentil/Praia Clube empatou (16/16) e Anderson pediu tempo. Com Andréia, o Brasília voltou a abrir dois em 18/16. O Terracap/BRB/Brasília abriu três na reta final do set: 23/20. Com Paula Pequeno, o visitante fechou em 25/22.

O Terracap/BRB/Brasília saiu na frente na segunda parcial e abriu 3/1. O Dentil/Praia Clube buscou e, na reação, deixou tudo igual 4/4. O time da casa abriu dois em 9/7. Com Alix, 12/10. Depois de uma bola muito disputada, Macris pontuou no ataque e o Brasília encostou em 11/12. No bloqueio de Walewska, as donas da casa marcaram 15/12 e Anderson pediu tempo. O Praia voltou a pontuar e aumentou a vantagem para 17/12. A equipe de Brasília reagiu e fez 17/20. Mas, o Dentil/Praia Clube voltou a pontuar bem e, com Alix, chegou a 22/17. No erro do adversário, o time mineiro fechou em 25/17.

O terceiro set começou com equilíbrio e as equipes empatando em 2/2. Com Paula Pequeno no ataque e no bom saque de Macris, o Terracap/BRB/Brasília fez 4/2. Ellen deixou tudo igual em 4/4. O time visitante abriu dois em 8/6. No bloqueio de Walewska, o Dentil/Praia Clube empatou (8/8). Com ponto de novo no mesmo fundamento, a equipe mineira fez 11/9. No ace de Walewska, o Praia fez 14/10. No contra-ataque, Ellen marcou e fez 16/11. O Terracap/BRB/Brasília buscou e reduziu a diferença no placar para 14/17. Picinin pediu tempo. Na bola de segunda de Claudinha, 19/15. Com Walewska, a equipe da casa fez 21/17. Reagindo e contando com erros do adversário, Brasília chegou a 20/23. Mas, no final, Ellen fechou em 25/20.

O Dentil/Praia Clube saiu na frente e Paula Pequeno deixou tudo igual em 3/3. Bem no bloqueio, o time mineiro abriu dois de vantagem: 7/5. No bloqueio de Andréia, 7/7. O Praia voltou a pontuar bem e no bloqueio individual de Ellen, 11/8. Com Alix, 13/9. A vantagem foi de sete em 17/10. Melhor em quadra e contando com erros do time de Brasília, o grupo mineiro seguiu no comando do marcador. Em boa passagem de Michelle pelo saque, o placar foi a 23/12. E, no final, 25/14.

EQUIPES
DENTIL/PRAIA CLUBE
Claudinha, Ramirez, Walewska, Natasha, Alix e Michelle. Líbero - Tássia
Entraram - Ju Carrijo, Malu, Ellen
Técnico: Ricardo Picinin

TERRACAP/BRB/BRASÍLIA
Macris, Andréia, Vívian, Roberta, Paula Pequeno e Amanda. Líbero - Silvana
Entraram - Larissa, Lê, Vivian Lima
Técnico: Anderson Rodrigues

SUPERLIGA FEMININA 16/17
Quartas de final
Terceira rodada
25.03 (SÁBADO) - Dentil/Praia Clube (MG) 3 x 1 Terracap/BRB/Brasília (DF), às 19h, no ginásio do Praia, em Uberlândia (MG) (22/25, 25/17, 25/20 e 25/14)

==> Foto: Brito Junior/Divulgação e Túlio Calegari/Praia Clube

0 comentários:

Postar um comentário