Festival Internacional Pequeno Cineasta. Confira a Programação Completa

O que uma criança é capaz com uma câmera na mão? Com o intuito de dar voz a crianças e jovens, o Centro Cultural Banco do Brasil Brasília promove, de 04 a 19 de janeiro de 2017, o Festival Internacional Pequeno Cineasta Itinerante. Após estrear novo formato em São Paulo, o projeto chega a Brasília reunindo em sua programação os filmes vencedores das seis edições do Festival Internacional Pequeno Cineasta – FIPC [www.pequenocineasta.com.br] – realizadas no Rio de Janeiro. Além da programação especial, oferece duas oficinas gratuitas de cinema para crianças e adolescentes entre 12 e 17 anos.

A curadoria do Festival Internacional Pequeno Cineasta Itinerante foi especialmente pensada pela atriz e produtora Daniela Gracindo, sua idealizadora, para levar a outras capitais os principais destaques do já tradicional Festival Internacional Pequeno Cineasta - FIPC, que é realizado anualmente na cidade do Rio de Janeiro, com mostras nacionais e internacionais de cinema feito por crianças e adolescentes do mundo todo. Desde que foi criado em 2010, o festival já exibiu cerca de 350 filmes, de mais de 30 países.

Mostra Oficina Pequeno Cineasta, Mostra Criança e Mostra Jovem: um recorte especial das seis edições do Festival Internacional

Na Mostra Oficina Pequeno Cineasta serão exibidos 11 filmes, selecionados entre os mais de 50 filmes realizados nas Oficinas Pequeno Cineasta de 2010 a 2016. A Mostra Criança é dedicada à produção de jovens cineastas entre 8 e 13 anos de idade e é dividida em Mostra Internacional Criança, que traz a público 9 curtas-metragens premiados de todos os gêneros, realizados por crianças da Itália, Argentina, Portugal, Grécia, Suécia, Espanha e Canadá, com destaque para “O Portão de Chocolate” (Grécia, 2014), ficção sobre uma lei insana, e real, que proíbe o consumo de chocolate pelas crianças gregas.

A produção brasileira é contemplada na Mostra Nacional Criança, que reúne 10 filmes produzidos por crianças de diferentes estados brasileiros, com destaque para “As Aventuras do Chauá”, que trata da preservação do meio-ambiente e o papagaio Chauá, realizado por crianças de uma pequena comunidade rural em Aimorés (MG).

A Mostra Jovem, por sua vez, reúne curtas-metragens feitos por jovens na faixa dos 14 aos 17 anos de idade. Na Mostra Internacional Jovem, são exibidos 8 filmes de países como Itália, Reino Unido, Burundi, Dinamarca, Inglaterra, Alemanha, Geórgia e República Tcheca. Nesta mostra destacamos o curta de animação “Butoyi” (Burundi, 2011), realizado por 12 meninas adolescentes que denunciam a realidade da violência contra a mulher e a discriminação no acesso à educação formal no seu país.

Na Mostra Nacional Jovem, por fim, são exibidos 11 curtas de jovens brasileiros de diferentes estados, com destaque para “Quarto Branco” (Rio de Janeiro, 2015). O curta do jovem cineasta carioca João Lucas Pedrosa, que além de ter levado o prêmio de melhor filme na 5a edição do Festival Internacional Pequeno Cineasta, também conquistou espaço em festivais Internacionais da Itália e Dinamarca. Outro destaque é o documentário “Pobre, Preta e Marginalizada” (Osasco, SP, 2016), que trata de forma direta a trágica história verídica da morte de uma jovem negra de periferia de São Paulo.

Oficinas Pequeno Cineasta e Claquete

O que uma criança é capaz com uma câmera na mão? Com essa ideia na cabeça, a atriz e produtora Daniela Gracindo desenvolve oficinas dedicadas, exclusivamente, ao público infanto-juvenil, que hoje contabilizam 28 turmas formadas e em torno de 50 curtas-metragens realizados. Criada no universo mágico do teatro e do cinema, Daniela colocou sua ideia em ação durante a produção do documentário “Paulo Gracindo – O Bem Amado” e ficou surpresa com o resultado. “Quando as crianças se apropriam das ferramentas trabalhadas no cinema e são estimuladas a se expressarem através desta linguagem, vão muito além do que podemos imaginar”, declara.

Em Brasília, a Oficina Pequeno Cineasta será realizada na Galeria 4 do CCBB, de 11 a 16 de janeiro, das 9 às 13 horas e é exclusiva para filhos de clientes Banco do Brasil. São seis encontros de quatro horas de duração cada, em que os participantes aprendem as etapas do processo de filmagem: criação do roteiro, operação de câmera, luz, arte, direção, produção, som e montagem. Ao final do curso os alunos realizam um filme de curta-metragem em formato digital que será exibido no dia 19 de janeiro às 19h, em uma sessão especial que também exibe o making of do processo de realização do filme pelos alunos. A oficina é limitada a 10 vagas voltadas para crianças e jovens entre 12 e 17 anos, cujos pais sejam clientes BB. O critério de seleção é a ordem de inscrição e comprovação do responsável ter conta no Banco do Brasil. As inscrições podem ser solicitadas a partir do dia 2 de janeiro de 2017 pelo e-mail inscricoes@pequenocineastafest.com.br até se esgotar o número de vagas.

A Oficina Claquete, por sua vez, acontece de 4 a 9 de janeiro, das 10h30 às 13h, na Galeria 4 do CCBB, e tem inscrições realizadas mediante retirada de senha uma hora antes na bilheteria do local. Nas duas horas e meia de duração de cada oficina, os participantes conhecem os conceitos básicos da linguagem cinematográfica por meio da realização de uma cena. São oferecidas 10 vagas por dia, incluindo 04 clientes do Banco do Brasil. A oficina é voltada para crianças e jovens entre 12 e 17 anos

Site oficial Oficina: www.pequenocineasta.com.br
Site oficial Festival: www.pequenocineasta.com.br

SOBRE DANIELA GRACINDO – É atriz e produtora. Com curso superior em cinema pela UNESA,  especializou-se como produtora executiva em 2002, fazendo MBA pela Escola Superior de Propaganda e Marketing (ESPM) – RJ. Viveu na Austrália, onde concluiu o curso de “Film Making From Start to Finish”, na Worker’s Educational Association de Sidney. Entre vários trabalhos que realizou, destacam-se o documentário de longa-metragem que produziu em homenagem ao ator Paulo Gracindo, seu avô paterno, intitulado “Paulo Gracindo – O Bem Amado” e o musical “Léo e Bia” de Oswaldo Montenegro para as telas de cinema. Para TV, produziu o programa “Tudo Eu – Mulher e Trabalho” (canal GNT) e o interprograma “Camarim” (Canal Brasil). Em 2010, estreou como diretora teatral com o espetáculo multimídia “Dolores”, de Raquel Maia. Como atriz, no cinema viveu a personagem Jucilene no filme “For All”, longa-metragem de Luís Carlos Lacerda e Buza Ferraz e, em 2009, fez uma participação especial em “A Hora Marcada” de Marcelo Taranto, ao lado de seu pai, Gracindo Jr. Seu último trabalho como atriz para a TV foi no remake da novela “Escrava Isaura” com a personagem Violeta. Em 2009, criou o projeto Pequeno Cineasta, pensado e desenvolvido com foco nas crianças e jovens de 8 a 17 anos, procurando estimulá-las a um futuro participativo, revelando a experiência vivida por crianças do mundo inteiro de contar histórias através da linguagem audiovisual. O projeto compõe diversas ações, destacando-se a Oficina Pequeno Cineasta e o Festival Internacional Pequeno Cineasta. Em 2016, realizou a 6ª edição do FIPC e  formou a 27ª turma da Oficina.

Serviço:

Evento: Festival Internacional Pequeno Cineasta Itinerante
Oficina Pequeno Cineasta: 11 a 19 de janeiro – exclusiva para filhos de clientes BB
Oficina Claquete: 04 a 09 de janeiro
Mostra de Filmes: 04 a 18 de janeiro
(agenda disponível em www.pequenocineasta.com.br)

Local: Centro Cultural Banco do Brasil - CCBB Brasília
Centro Cultural Banco do Brasil Brasília
SCES, Trecho 02, lote 22
CEP: 70200-002 | Brasília (DF)
Tel.: (61) 3108-7600
Funcionamento: de quarta a segunda, das 9h às 21h
Entrada gratuita
Classificação indicativa: livre

PROGRAMAÇÃO COMPLETA

Dia 4 janeiro/2017 - (quarta-feira)
10h30 às 13h – Oficina Claquete
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
19h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM

Dia 5 janeiro/2017 - (quinta-feira)
10h30 às 13h – Oficina Claquete
16h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
17h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

 Dia 6 janeiro/2017 - (sexta-feira)
10h30 às 13h – Oficina Claquete
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 7 janeiro/2017 - (sábado)
10h30 às 13h – OFICINA CLAQUETE
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 8 janeiro/2017 - (domingo)
10h30 às 13h – OFICINA CLAQUETE
15h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
16h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
17h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
18h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 9 janeiro/2017 - (segunda-feira)
10h30 às 13h – OFICINA CLAQUETE
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
19h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM

Dia 11 janeiro/2017 - (quarta-feira)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
19h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM

Dia 12 janeiro/2017 - (quinta-feira)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
16h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
17h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 13 janeiro/2017 - (sexta-feira)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 14 janeiro/2017 - (sábado)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM
19h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 15 janeiro/2017 - (domingo)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
15h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
16h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
17h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
18h – MOSTRA NACIONAL JOVEM

Dia 16 janeiro/2017 - (segunda-feira)
9h às 13h – Oficina Pequeno Cineasta
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
19h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM

Dia 18 janeiro/2017 - (quarta-feira)
16h – MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
17h – MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
18h – MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
19h – MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM

Dia 19 janeiro/2017 - (quinta-feira)
19:00 – Cerimônia de encerramento da Turma de Pequenos Cineastas do CCBB DF


SESSÕES DE EXIBIÇÃO
Plataforma de exibição de todas as sessões será por DVD


MOSTRA OFICINA PEQUENO CINEASTA
Exibição de filmes realizados nas Oficinas Pequeno Cineasta de 2010 a 2016.

Entre um copo e uma parede
Direção: Felipe Leibold
Sinopse: Garoto ouve barulhos estranhos no apartamento ao lado e faz algumas suposições do que pode estar acontecendo.
Rio de Janeiro – RJ – 07’ – Ficção – Cor & PB
Classificação indicativa: Livre

O palhaço que não conseguia mais sorrir
Direção Julia Barbosa e João Pedro Faro
Sinopse: Palhaço sofre por não conseguir mais sorrir.
Rio de Janeiro – RJ – 05’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Um dia de Chaplin
Direção Juliana Zalfa e Rafael Valença
Sinopse: Homem vive um dia como se fosse Carlitos.
Rio de Janeiro – RJ – 06 – Ficção - PB
Classificação indicativa: Livre

Leo um menino ou…
Direção Pedro Enne
Sinopse: Léo descobre que tem algo diferente acontecendo com ele.
Rio de Janeiro – RJ – 04’30” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Estrelando
Direção Felipe Leibold Giulia Lopes
Sinopse: Figurante tenta convencer o diretor a dar um personagem para ele na novela.
Rio de Janeiro – RJ – 05’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Viva a revolução
Direção João Pedro Faro e Gustavo Erlanger
Sinopse: Homem com mais de 30 anos ainda vive como um adolescente e é criticado pelo pai.
Rio de Janeiro – RJ – 05’54” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Quem sou eu?
Direção André Rennô e Felipe Leibold
Sinopse: Ladrão fugindo da polícia invade uma casa e tem final surpreendente.
Rio de Janeiro – RJ – 03’10” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Aonde leve a trilha
Direção Pedro Enne
Sinopse: Menino encontra uma trilha que o leva a um lugar inesperado.
Rio de Janeiro – RJ – 04’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Jogo da velha
Direção Pedro Almeida e Dudu Guimas
Sinopse: Senhora melancólica procura entender à si própria.
Rio de Janeiro – RJ – 04’20” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Cartas para vida
Direção Laura Nogueira Sussekind
Sinopse: Menina órfã recebe cartas anônimas durante o passar dos seus anos, até que um dia…
Rio de Janeiro – RJ – 06’15” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre


MOSTRA INTERNACIONAL CRIANÇA
Exibição dos curtas premiados da 1a a 6a edição do Festival. Filmes de todos os gêneros, realizados por crianças de diferentes países, entre 8 e 13 anos de idade.

Aqui estão as mãos - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2010
Direção Alunos da Primary School Via Repubblica Senago
Sinopse: Curta de animação inspirado no poema "As mãos e o barro" de Yonusg Mariana Blanco.
Itália – 10’ – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Guerra dos Piolhos - Prêmio de Filme Destaque em 2011
Direção Alunos da Oficina de Cinema El Mate
Sinopse: Um dia típico em Piolhonópolis é interrompido pela chegada de uma nave estranha.
Argentina – 03’30” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

As memórias do albino louco-  Prêmio de Filme Destaque em 2013
Direção Alunos do Colectivo Fotograma 24
Sinopse: Um poema visual que viaja até às origens do músico brasileiro Hermeto Pascoal.
Portugal – 05’ – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

A vida dificil de um sanduiche Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2013
Direção Ludmilla Rotondaro, Lautaro Rotandaro e Valentine de Georgio
Sinopse: A vida de um sanduiche pode parecer bem simples, mas tem dias que pode se tornar complicado.
Argentina – 02’32” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Nós terra - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2014
Direção Alunos do Colectivo Fotograma 24
Sinopse: Um filme animado, contado e vivido por uma menino do interior da ilha de Santiago.
Portugal – 06’30” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

O portão de chocolate - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2014
Direção Alunos do 3o ano primário da Escola Loutraki
Sinopse: O governo impõe uma lei insana que proíbe crianças de comer chocolate.
Grécia – 06’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Sonhando ou Acordado - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2015
Direção Beijamin Grim
Sinopse: O pesadelo de um menino vira realidade?
Suécia – 02’15” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

A loja dos doces - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2016
Direção Los Siete Chiflados
Sinopse: Um grupo de amigos se reúnem e decidem provocar o funcionário de uma loja de doces.
Espanha – 06’25” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Por trás das pedras - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2016
Direção Maia Costea
Sinopse: Depois de achar uma pedra dourada em seu jardim, uma menina vive uma aventura inesperada com suas amigas.
Canadá 09’37” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre


MOSTRA NACIONAL CRIANÇA
Exibição dos curtas premiados da 1a a 6a edição do Festival. Filmes de todos os gêneros, realizados por crianças de diferentes estados do Brasil entre 8 e 13 anos de idade.

A história de um Banco - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2010
Direção João Pedro Marini
Sinopse: O filme mostra o tempo passando através de um banco de rua.
Rio de Janeiro – RJ – 02’ – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

A foto - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2011
Direção Felipe Leibold
Sinopse: Um menino é assombrado por uma foto e faz de tudo para se livrar dela.
Rio de Janeiro – RJ – 10’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

A matéria do ano - Prêmio de Filme Destaque em 2011
Direção João Pedro Marini
Sinopse: Um jovem jornalista precisa elaborar uma matéria espetacular para conseguir uma desejada promoção.
Rio de Janeiro – RJ – 04’21” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre



O garoto invisível - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2011
Direção João Pedro Faro
Sinopse: Enquanto joga bola, menino vê outro menino que o deixa curioso.
Rio de Janeiro – RJ – 02’10” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

A tartaruga mágica - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular e Destaque em 2013
Direção Alunos da oficina de animação do VouAnim!arte
Sinopse: Duas crianças descobrem uma importante mensagem quando conhecem uma tartaruga diferente das outras.
Rio de Janeiro – RJ – 06’10” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Quatro Estações - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2013
Direção Rafael Valença
Sinopse: Um retrato das fases da mãe natureza e do amor.
Rio de Janeiro – RJ – 02’30” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

As aventuras de Larisse e Cassiane - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2014
Direção Lidiane Rodrigues
Sinopse: Duas garotas planejam uma fuga para evitar os problemas causados por notas baixas na escola.
Rio de Janeiro – RJ – 07’14” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Charles & Nelson em a TV - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2015
Direção Nissim Chamah
Sinopse: Os amigos, Charles e Nelson, estão assistindo TV quando, de repente, ela desliga.
São Paulo – SP – 02’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

As aventuras do Chauá - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2016
Direção Alunos da Escola Municipal Santo Antonio do Norte
Sinopse: Um alerta sobre a importância da preservação ambiental e do papagaio Chauá, ameaçado de extinção.
Minas Gerais – MG – 4’– Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Reviravolta - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2016
Direção Isabela KrausZilli
Sinopse: O popular vive zoando o nerd. O nerd gosta da namorada do popular. Coisas boas e ruins acabam acontecendo.
Curitiba – SC – 09’37” – Ficção - PB
Classificação indicativa: Livre


MOSTRA INTERNACIONAL JOVEM
Exibição dos curtas premiados da 1a a 6a edição do Festival. Filmes de todos os gêneros, realizados por jovens de diversos países, entre 14 e 17 anos de idade.

Juntos pelos direitos humanos - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2010
Direção Alunos da Secondary School Giacomo Perlasca
Sinopse: A partir da "declaração universal dos direitos humanos" essa história busca um fio de esperança.
Itália – 07’ – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Escola de Lego - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2011
Direção Alunos do Colégio Swaston Village
Sinopse: Luke vive um dia de incidentes e mal-entendidos. Quando finalmente parece estar chegando ao fim, ainda há mais uma surpresa na história.
Reino Unido – 07’41” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Butoyi - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial e pelo Júri Popular em 2013
Direção Doze meninas adolescentes de Bubanza
Sinopse: Bukuru e Butoyi são gêmeos. Butoyi é uma aluna brilhante. No entanto, enquanto seu irmão vai para escolas, ela tem que ajudar a mãe nas tarefas diárias.
Burandi – 10’ – Animação – Cor
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 14 anos


Descarga - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2014
Direção Willian Dinanssen
Sinopse: Você nunca sabe onde encontra o amor.
Dinamarca – 06’53” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Desconectado - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2014
Direção Pip House
Sinopse: Curta de comédia sobre o comportamento dos jovens nas redes sociais.
Inglaterra – 02’18” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Um pouco estranho - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2015
Direção Jovens entre 10 e 15 anos
Sinopse: Três indivíduos são sequestrados por uma horda de ninjas e contam como tudo aconteceu. Mas essa história soa um pouco estranha.
Alemanha – 03’25” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 12 anos

A bicicleta - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2016
Direção Giore Chakvetadze
Sinopse: Um menino quer comprar uma bicicleta, mas não tem dinheiro. Ele começa a recolher e vender garrafas.
Georgia – 08’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Multidão - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2016
Direção Jáchym Bouzek  
Sinopse: Menino está sozinho com sua imaginação brilhantemente colorida e depois se vê cercado por ternos cinzentos e vazios.
Republica Tcheca – 07’ – Animação – Cor & PB
Classificação indicativa: Livre


MOSTRA NACIONAL JOVEM
Exibição dos curtas premiados da 1a a 6a edição do Festival. Filmes de todos os gêneros, realizados por jovens de diferentes estados do Brasil entre 14 e 17 anos de idade.

Dinamite Pastel - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2010
Direção Lello Campos
Sinopse: Disputa entre vizinhos promete gargalhadas, uma grande confusão e um final surpreendente.
Saquarema – RJ – 08’ – Ficção - PB
Classificação indicativa: Livre

Obsessão - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2011
Direção João Lucas Pedrosa
Sinopse: Mário é um jovem que, no caminho para casa do amigo, avista o grafite de uma mulher no muro e se apaixona, tornando-se obcecado.
Rio de Janeiro – RJ – 04’30” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

O verdadeiro tesouro - Prêmio de Filme Destaque em 2011
Direção Guthemberg Felipe da Silva
Sinopse: Um jovem, ao encontrar o mapa de um tesouro, é tomado pela ambição e deseja de encontrá-lo.
Pernambuco – 01’36” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

A desavença - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2013
Direção Kerolyne Kimberling dos Santos da Silva
Sinopse: Duas mangas em conflito.
Pernambuco – 02’10” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Metamorfose Ambulante - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2014
Direção Felipe Leibold
Sinopse: Margot acorda confusa porque não se reconhece.
Rio de Janeiro – RJ – 05’30” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre



Coração de Mamão - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2014
Direção Danilo Braian
Sinopse: Um rapaz tenta conquistar uma moça com um mamão.
Tocantins – 05’06” – Ficção – Cor
Classificação indicativa: Livre

Quarto Branco - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2015
Direção João Lucas Pedrosa
Sinopse: Um homem preso em um quarto branco, luta contra forças externas que o impõe adereços femininos.
Rio de Janeiro – RJ – 06’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 14 anos

A aula - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2015
Direção Vito Santiago de Lima
Sinopse: A história conta um dia típico em uma classe que poderia ser em qualquer lugar e em qualquer classe.
Paraíba – 02’30” – Animação – Cor
Classificação indicativa: Livre

Desconheço-te - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Oficial em 2016
Direção Felipe Leibold
Sinopse: Uma mulher visita sua irmã, reclusa há semanas dentro de casa, com intuito de entender o motivo do seu afastamento. A realidade, no entanto, é mais incompreensível do que ela havia imaginado.
Rio de Janeiro – RJ – 07’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 14 anos

O outro lado - Prêmio de Melhor Filme pelo Júri Popular em 2016
Direção João Pedro Lavedan
Sinopse: Um grupo de amigos decide brincar com os espíritos e coisas estranhas começam acontecer.
Niterói – RJ– 10’ – Ficção – Cor
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 14 anos

Pobre, Preta e Marginalizada – Filme Destaque em 2016
Direção Catarina Vitória Dias
Sinopse: O filme trata de forma direta a trágica história de uma jovem negra da periferia de São Paulo.
Osasco – SP – 06’25” – Documentário - PB
Classificação indicativa: não recomendado para menores de 14 anos

==> Foto: Marta Azevedo / FIPC

0 comentários:

Postar um comentário