Cantor paulista Rodrigo Campos se apresenta na Caixa Cultural

Entre 25 e 27 de novembro, a Caixa Cultural apresenta show do cantor, compositor e instrumentista Rodrigo Campos. Artista Revelação no Prêmio da Música Brasileira 2013, Rodrigo apresenta show de seu terceiro álbum, “Conversas com Toshiro”, produzido por ele e com direção artística de Rômulo Fróes. As sessões acontecem às 20h (sexta e sábado) e às 19h (domingo), com ingressos a R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia-entrada).

“Conversas com Toshiro” (YBmusic) foi lançado em setembro de 2015, contemplado pelo programa Natura Musical. O trabalho explora um novo espaço, o Japão. Propõe uma investigação sobre a consciência oriental, com interpretações sobre amor, sexo, vida e morte, e sua influência no inconsciente da cidade cosmopolita de São Paulo – uma fusão entre oriente e ocidente.

Em Brasília, o artista se apresenta ao lado dos músicos – de peso – que formam “Conversas com Toshiro” originalmente. Ao lado de sua voz e guitarra, estão Ná Ozzetti (coros), Juçara Marçal (coros), Marcelo Cabral (baixo), Curumin (bateria), Dustan Gallas (teclados e guitarra) e Thiago França (sax e flauta).

A carreira de Rodrigo Campos teve início nas rodas de samba de São Mateus, periferia da cidade de São Paulo, lugar onde cresceu, tocando cavaquinho e percussão. Começou a compor aos doze anos de idade. Em 2009, lançou seu primeiro disco solo, “São Mateus não é um lugar assim tão longe” (Ambulante Discos), produzido por Beto Villares. Um disco predominante de sambas, que logo em sua estreia mostra de forma profunda sua linguagem única como compositor, músico e cronista. O disco lhe trouxe o reconhecimento da crítica e ganhou destaque como um dos melhores trabalhos de 2009.

Seu segundo disco solo, o “Bahia Fantástica”, de 2012, marcou uma ruptura com o samba para abraçar o amplo universo da música brasileira, até fazer incursões no soul americano. O álbum recebeu ótimas críticas nos principais veículos de imprensa brasileiros e até fora do Brasil como no jornal The New York Times, além de lhe render o prêmio de Artista Revelação.

Além do seu trabalho solo, Rodrigo colabora como compositor, arranjador e instrumentista com vários artistas de sua geração, assim como com lendas da música brasileira: Criolo (Duas de Cinco, 2014), Juçara Marçal (Encarnado - 2014), Vicente Barreto (Cambaco - 2015), Tom Zé (Pour Elis – 2014, com participação de Milton Nascimento), Elza Soares (A Mulher do Fim do Mundo- 2015), Emicida, dentre outros.

Também é integrante do Passo Torto, projeto desenvolvido em colaboração com os compositores Kiko Dinucci e Romulo Fróes e o contrabaixista Marcelo Cabral, que já conta com três discos lançados. Rodrigo Campos também assinou a direção musical do projeto “Onze Sambas e Uma Capoeira” em 2014 no SESC Pompéia em homenagem a um dos maiores ícones do samba paulistano, Paulo Vanzolini, e assumiu, em apresentação no SESC Santana em 2015, a releitura do disco “Caça à Raposa”, de João Bosco, dentro do projeto “75 rotações”.


SERVIÇO

RODRIGO CAMPOS EM “CONVERSAS COM TOSHIRO” NA CAIXA CULTURAL
Data: 25, 26 e 27 de novembro de 2016, de sexta a domingo
Horário: às 20h (sexta e sábado) e às 19h (domingo)
Local: Teatro da CAIXA (SBS Quadra 4 Lotes 3 e 4 - Edifício anexo à matriz da Caixa)
Valores de ingressos: R$ 10 (inteira) e R$ 5 (meia entrada). Estudantes, professores, funcionários e clientes CAIXA, pessoas acima de 60 anos e doadores de item solicitado no mês.
Classificação indicativa: Livre
Lotação: 406 lugares
Informações: (61) 3206-9448

==> Foto: José de Holanda

0 comentários:

Postar um comentário