Coletânea retrata multiplicidade de conde italiano que viveu e morreu na Amazônia

Um conde italiano vai viver na Amazônia movido pela sua curiosidade e se torna um perspicaz fotógrafo, etnógrafo, colecionador, dicionarista, tradutor, desbravador de mitos, geógrafo e até jurista. Tal roteiro, digno de filme, protagonizado por Ermanno Stradelli, que atravessou o Atlântico com suas inúmeras práticas refinadas de europeu culto para mergulhar, em 1879, nas profundezas apaixonantes e sinuosas da floresta amazônica. Em homenagem aos 90 anos de sua morte, a Editora Unesp lança, com o apoio do Istituto Italiano di Cultura de São Paulo, o livro A única vida possível: itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia, organizado pela pesquisadora Livia Raponi e que conta com ensaios de especialistas brasileiros e italianos de diferentes áreas disciplinares.

Um dos personagens mais emblemáticos do mundo científico ítalo-brasileiro do último século, Stradelli, entre os séculos XIX e XX, estudou e registrou em fotos, mapas e dicionários, povos e línguas indígenas e a geografia da Amazônia. Este trabalho possibilitou ao público do Brasil e da Itália conhecer as peculiaridades da região. O conde dedicou-se a entrar em contato com as culturas autóctones do Alto Rio Negro e a divulgar suas expressões originais, tornando-se uma imprescindível referência para os estudiosos de antropologia, línguas e literaturas ameríndias.

A coletânea ainda possui uma seleção de fotografias e mapas realizados pelo viajante, provenientes dos arquivos da Sociedade Geográfica Italiana. E, movido pelo espaço de sedução em que dois mundos são atravessados e reinventados, ilustra os vários perfis e a múltipla atuação de Stradelli desde âmbitos disciplinares distintos. Essa heterogeneidade possibilita um retrato pluridimensional e consistente do conde, estimulando mais vozes, narrações, recordações, representações para que possa surgir uma pintura mais vívida dos mundos atravessados, vivenciados, criados por essa figura ímpar.

Sobre a organizadora – Livia Raponi possui licenciatura plena em Ciências Políticas e Sociais pela Universidade de Florença, graduação em Mediação Cultural pela Universidade de Roma La Sapienza e master degree em Economia da Cultura pela Universidade de Roma Tor Vergata. Foi curadora da exposição A Amazônia de Ermanno Stradelli. Rios, povos e lendas sob o olhar de um explorador italiano, apresentada em 2013 em São Paulo, Manaus e Roma. Atualmente desenvolve projeto de pesquisa sobre Ermanno Stradelli junto à Àrea de Língua e Literatura Italiana da FFLCH-USP. É adida cultural do Ministério das Relações Exteriores da Itália e vice-diretora do Istituto Italiano di Cultura de São Paulo.

Título: A única vida possível: itinerários de Ermanno Stradelli na Amazônia 
Organizadora: Livia Raponi
Número de páginas: 256 + caderno de fotos
Formato: 16 x 23 cm
Preço: 54,00
ISBN: 978-85-393-0645-9

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário