Casa do Mancha no Festival Bananada 2016

A Casa do Mancha sai pela primeira vez de São Paulo e aporta no meio do Centro Cultural Oscar Niemeyer, em Goiânia, para uma programação especial no Festival Bananada 2016. Realizado pela A Construtora Música e Cultura, o evento este ano acontece durante os dias 9 a 15 de maio, e coloca mais uma vez a capital de Goiás no roteiro dos festivais de música e cultura mais importantes do País.
Através de uma programação paralela, será montado durante o final de semana do Bananada um espaço da Casa do Mancha dedicado às apresentações de bandas escolhidas previamente por uma curadoria realizada pelo próprio músico e produtor Mancha Leonel: Sara Não Tem Nome (MG), My Magical Glowing Lens (ES), Kastelijns (GO), Vitreaux (SP), Ventre (RJ), Wolf Gang (SP) e Fingerfingerrr (SP).
A proposta, de acordo com o produtor, é fazer um recorte de tendências, mostrar novos artistas e nomes que ainda não são conhecidos. “Esse projeto do Bananada tem a função de apontar bandas promissoras, nomes que daqui cinco anos vão estar nos palcos principais dos festivais. São apostas”, reitera Mancha. Todos os artistas já tocaram na Casa do Mancha e, tirando o goiano Kastelijns, os outros nomes selecionados ainda não tiveram a oportunidade de se apresentarem em Goiânia. Até agora.
Quem conhece a Casa do Mancha, localizada no bairro paulistano de Pinheiros, sabe: o pequeno palco ao lado do computador, amplificador e caixa de som formam um híbrido de possibilidades de produções, sempre tendo a música como principal eixo. Montada em 2006 inicialmente como um estúdio, Mancha resolveu abrir a casa para shows em 2007 e, desde então, o espaço se transformou num verdadeiro laboratório sonoro e de circulação de artistas independentes.
Bolha sonora
Esta é a primeira vez em que a Casa do Mancha estreia dentro de um festival. E a estrutura será a mesma de São Paulo: são os mesmos amplificadores e o mesmo “palquinho” a 30 centímetros do chão. “Fiz muita questão de termos a mesma disposição do som que fazemos em São Paulo. Nós produzimos uma bolha sonora, com caixas de som nos quatro cantos do ambiente. Assim o som é dimensionado para o meio da sala, criando essa bolha. Todos ouvem o mesmo som, de todos os lados, com a mesma força. Queremos reproduzir esse mesmo desenho no Bananada”, revela o músico.
Além da Casa do Mancha, outras atrações já foram divulgadas no Bananada 2016: Planet Hemp, Jorge Ben Jor, Liniker (SP), Autoramas (RJ), The Helio Sequence (EUA), Frank Jorge (RS), Felipe Cordeiro (PA), Hellbenders (GO), Carne Doce (GO), Yonatan Gat (Israel/EUA), Supercordas (RJ), Mahmed (RN), Quarto Negro (SP), Molho Negro (PA), Neguim Beats (GO), Ventre (RJ) e os DJs Renato Cohen, Mau Mau e Anderson Noise.

ANOTE
FESTIVAL BANANADA 2016
Data: 9 a 15 de maio
Local: Centro Cultural Oscar Niemeyer
Ingressos: *Venda online no cartão de crédito (parcelada em até 10x), boleto bancário ou débito online através do link: www.sympla.com.br/bananada2016

==> Foto: Divulgação

0 comentários:

Postar um comentário