Brasília é melhor em campo, mas perde para o Gama no Bezerrão

O Brasília Futebol Clube (BFC) foi até o estádio Bezerrão encarar o Gama na tarde deste domingo (21) em partida válida pela 4ª rodada do Campeonato Candango 2016. Após 90 minutos de partida bastante disputada e tensa dentro de campo, o Colorado perdeu por 1 x 0, placar que deu o primeiro revés do Avião do Cerrado na competição.

O técnico Julinho Camargo mandou a campo uma formação diferente do que havia utilizado contra o Vila Nova-GO pela Copa Verde na última quinta-feira (18/02). Ele colocou no gramado os seguintes jogadores: Artur; Marquinhos, André, Luís Felipe e Anderson Domingos; Pedro Ayub, Murilo, Baiano e Nelinho;  Anjinho e Giba. No decorrer do embate entraram Santos, Fernandinho e Michel Platini.

Embora o torcedor gamense tenha preenchido boa parte das arquibancadas para apoiar sua equipe, os jogadores do Brasília souberam se comportar em campo, anulando as investidas dos adversários. Deste modo, apesar do ritmo acelerado de ambos os lados, o jogo permaneceu sem grandes chances até os 10 minutos.

Foi aí que o BFC igualou as ações do confronto e, com bola alçada na área pelo volante e capitão do time na partida, Giba dividiu de cabeça com o goleiro rival, mas a bola saiu pela linha de fundo. A arbitragem marcou tiro de meta a favor do time verde.

Aos 19 minutos o lateral-direito do Gama, Dudu Gago, jogou um balde de água fria nas pretensões do Colorado. Ele recebeu cruzamento da esquerda e cabeceou para fazer 1 x 0. No entanto, os jogadores do Brasília não se abateram e foram para o contra-ataque. Na saída de bola, Anjinho invadiu a área e tentou servir Giba, mas o atacante chegou um pouco atrasado. Assim terminou a primeira etapa.

Logo de cara, no começo do segundo tempo, o treinador Julinho Camargo substituiu Anderson Domingos por Santos, que passou a fazer as jogadas na esquerda juntamente com Murilo. Assim, após o Gama acertar uma bola na trave, o Brasília saiu rapidamente e Baiano experimentou do meio da rua. O goleiro bateu roupa e, por pouco, Giba não chegou para concluir.

Daí em diante os rivais do Colorado pouco fizeram. O Brasília dominava as ações constantemente. Deste modo, aos 23 minutos, Marquinhos pegou sobra de bola na entrada da área e arrematou, mas o chute subiu demais, saindo por cima da meta adversária.

Todas as mudanças de jogadores do Gama foram de homens de frente por defensores, tentando armar a retranca. Desta forma, apesar do maior domínio na etapa complementar, o resultado ficou em 1 x 0 contra o Colorado. “Infelizmente perdemos, mesmo sendo mais contundentes na partida. Mas agora é hora de ajustarmos os erros para não acontecer no mata-mata”, admitiu o atacante Anjinho.

No próximo final de semana o Brasília tem outro compromisso com um adversário direto por uma melhor posição ao final da primeira fase do Candangão. Mandando a partida no Estádio Nacional Mané Garrincha, o Colorado receberá o Brasiliense, no domingo (28), às 16h.

==> Foto: Ricardo Botelho

0 comentários:

Postar um comentário