UniCEUB/BRB/Brasília faz exames cardiológicos para a pré-temporada

Nesta semana os jogadores do UniCEUB/BRB/Brasília trocaram a academia pela visita ao consultório médico. A mudança de rotina foi por uma boa causa: realizar exames cardiológicos obrigatórios para o time e para a Liga Nacional de Basquete.

Agora parceiro da equipe tricampeã do Novo Basquete Brasil (NBB), o Hospital Santa Lucia, do Grupo Santa, garantiu toda a estrutura necessária e o apoio médico para que os jogadores pudessem realizar os testes físicos com o maior conforto e qualidade, incluindo um diferencial nesta temporada, o exame de ecografia e ressonância.

O preparador físico da equipe, Hildeamo Bonifácio, conta detalhes dessa rotina que se repete a cada ano. “São exames de pré-temporada necessários para que tenhamos segurança e certeza que nossos atletas estão aptos e possam receber a carga de treinamento proposta para que alcancem o auge da forma física o mais rápido possível”, diz.

Paulo Ricardo Fernando Rocha, cardiologista da Clínica CORE, do Grupo Santa, explica a importância de se realizar uma ecografia do coração, que passa a ser peça chave na nova preparação física do UniCEUB/BRB/Brasília. “O Eco cardiograma é uma ecografia específica do coração. Com ele, fazemos uma análise completa do órgão. O objetivo principal desse exame em atletas é detectar alterações congênitas e também alterações causadas pelo esforço físico intenso", explica.

Após o eletrocardiograma e a ecografia, os atletas suaram a camisa. Eles correram numa esteira para medir o esforço físico individual. Quem realizou os testes foi o cardiologista Eduardo Gomes Reis. Para o médico, os jogadores estão bem fisicamente. “Esse teste é fundamental porque os atletas sofrem por uma alta carga de trabalho e colocamos de fato o coração deles à prova. Com os resultados, é possível prevenir futuras doenças e até lesões durante a temporada”, conta.

O ala Arthur diz que “o grupo está focado na melhora da parte física e também na técnica”. Ele revela que o teste na esteira não é muito agradável por exigir o máximo do corpo, mas que é importante. “Esses exames fazem parte e são imprescindíveis. Mas estamos bem e nos aprimorando cada vez mais tecnicamente para fazer uma grande temporada”, conclui.

A segunda etapa da avaliação será em quadra. Os jogadores farão atividades de resistência, potência e velocidade, para que então sejam traçados os perfis de cada um. Com os resultados finais, a Comissão Técnica elaborará trabalhos individuais para cada atleta. Segundo Hildeamo Bonifácio, o elenco tem respondido bem aos exames. “Alguns estão um pouco acima do peso, o que é perfeitamente normal já que estão vindo de férias, mas estamos tranquilos porque são situações que podem ser resolvidas rapidamente”, conta.

Mudança na preparação física
Para melhorar mais os trabalhos físicos, o UniCEUB/BRB/Brasília trouxe mais um Doutor para integrar a Comissão Técnica e se juntar ao fisioterapeuta Carlos Ewbank e ao preparador físico Hildeamo Bonifácio. O intuito será dividir as atividades de cada profissional. “Agora teremos um responsável apenas para a preparação física e também um auxiliar, além do fisioterapeuta. Um vai acompanhar a fisiologia dos jogadores, o outro o dia-a-dia na academia e eu focarei apenas no acompanhamento em quadra, sempre verificando o nível de estresse e cansaço dos jogadores. Com isso, teremos respostas muito mais rápidas e eficientes na parte física dos atletas”, explica Hildeamo.

Comparando a temporada passada com a atual, o preparador físico destaca que a boa apresentação dos jogadores, o que facilitará no decorrer das competições, segundo ele. “Neste ano os atletas não vieram com nenhuma lesão e todos estão descansados, diferente da temporada anterior. Isso é excelente porque diminui muito o risco de lesão. O que influi também é que a média de idade diminuiu, estamos com um grupo mais homogêneo e tudo isso impacta também na parte física do time”, conclui.

==> Foto Irene Egler / Ponto Marketing Esportivo

0 comentários:

Postar um comentário